Fluminense paga mês de salário e ameniza crise financeira no clube

Situação gera uma motivação a mais para os jogadores que vinham reclamando publicamente dos atrasados

Por Lance

Pedro Abad
Pedro Abad -
Rio - O Fluminense terá uma grande motivação para vencer o clássico diante do Flamengo, domingo, no Maracanã. A diretoria conseguiu pagar o salário de CLT, referente à março, para os jogadores. Os atrasos salariais vem causando incômodo, tanto que Gilberto, Agenor e Allan, reclamaram recentemente em entrevistas. Os funcionários estão ainda mais insatisfeitos, já que que estão sendo deixados de lado em relação aos pagamentos.

Atualmente o clube deve os salários de CLT dos meses de abril e maio, 13º e férias de 2018, além dos direitos de imagem entre janeiro e abril. Vale lembrar que as pendências financeiras podem gerar uma debandada no elenco tricolor, caso os jogadores entrem na Justiça pedindo a rescisão de contrato.

Com a eleição neste sábado e troca na presidência na segunda-feira, existe a expectativa por parte dos jogadores e funcionários, de que a nova diretoria consiga resolver os atrasos nos salários. Essa questão é tratada como prioridade tanto para Mário Bittencourt, quanto para Ricardo Tenório, candidatos no pleito.