Por Xerém independente, Fluminense terá vice-presidente da base

Ideia da nova diretoria tricolor é conseguir mais investimentos sem depender dos profissionais

Por O Dia

Novo presidente do Flu, Mário Bittencourt cumprimenta seu vice, Celso Barros, sob olhar de Pedro Abad
Novo presidente do Flu, Mário Bittencourt cumprimenta seu vice, Celso Barros, sob olhar de Pedro Abad -
O Fluminense anunciou mais dois integrantes da nova diretoria. Rui Reisinger será o vice de futebol da base, pasta criada pelo presidente, Mário Bittencourt, com o intuito de tornar Xerém mais independente do futebol profissional. Junto a ele trabalhará Antônio Garcia, que assumiu o cargo de diretor executivo da base.
A nova dupla foi anunciada nesta segunda-feira e ficará responsável por todo o trabalho de formação de novos jogadores e há a expectativa que, com a independência da base, possam acontecer mais investimentos sem depender do profissional.
Rui Reisinger já trabalhou em Xerém entre 2007 e 2016 como diretor não remunerado.  Nesse período, segundo o Fluminense, foram conquistados 77 títulos pela base tricolor, entre eles o Mundial Al Kass Cup Sub-17, em 2013, e o Brasileiro sub-20 de 2015.
Já Antônio Garcia foi supervisor de futsal do Fluminense (2001 e 2002) e supervisor técnico de Xerém  entre 2006 e 2011. Ele estava no Fortaleza como como diretor executivo da base e, antes, teve passagens por Figueirense, Audax e Vasco.

Comentários