Fluminense tenta segurar João Pedro e recebe contato de outro clube por Luciano

Jovem atacante já está vendido ao Watford, mas nova diretoria tricolor espera lucrar mais

Por O Dia

João Pedro
João Pedro -
Dois atacantes titulares e situações indefinidas sobre o futuro. Enquanto João Pedro já está vendido ao Watford, da Inglaterra, e a diretoria do Fluminense busca uma maneira de segurá-lo por mais tempo além de dezembro e lucrar mais, Luciano tem chances de sair agora.
No período eleitoral o presidente eleito, Mário Bittencourt, dizia que iria rever o contrato de venda de João Pedro para tentar cancelá-lo por achar o valor de 2,5 milhões de euros (podendo chegar a 10 milhões de euros com bonificações) muito baixo. Em coletiva nesta sexta-feira, o dirigente mudou o discurso e não pretende mais cancelar o negócio, mas amitiu trabalhar para que outro clube entre na disputa.
A ideia do Fluminense é fazer com que outro clube resolva comprar João Pedro e aceite pagar a multa prevista no contrato caso não haja a transferência para o Watford. O valor gira em torno de 20 milhões de euros. Com isso, o Tricolor poderia receber mais dinheiro e ainda negociaria para que o jovem atacante ficasse mais tempo no Brasil.
"Dentro do quevimos (no contrato), continuamos achando que a venda foi feita em um valor muito baixo. Mas do ponto de vista jurídico, seria um risco muito grande o Fluminense entrar em uma briga dentro de um ponto de vista legal. Nós não podemos ser o clube que desfaz acordos comerciais. Eu diria que já estou trabalhando para tentar manter o atleta por mais tempo. E, quem sabe?, trazer mais algum tipo de remuneração ao Fluminense. Já temos algumas conversas em relação a isso. Sabemos que existem clubes interessados em participar dessa operação financeira", explicou Mário.
Em relação a Luciano, que está insatisfeito com os salários atrasados e pediu para não jogar contra a Chapecoense para ter a possibilidade de se transferir para outro clube e jogar o Brasileiro, o presidente do Fluminense revelou ter sido procurado. Ainda não houve proposta oficial, mas a diretoria está aberta para negociar.
"Tem havido muita especulação, mas proposta não chegou. Nesta sexta-feira pela manhã, um clube iniciou um contato sim, por uma proposta por ele. Vamos conversar", completou Mário.
Luciano está emprestado até 2021 pelo Leganés, da Espanha, que só aceita negociá-lo para outro clube brasileiro em definitivo. Por conta dessa situação, as conversas do jogador com o Atlético-MG não avançaram num primeiro momento.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários