Em busca da alegria, Wellington Nem é apresentado no Fluminense

Após seis anos longe do Tricolor, Nem avaliou que evoluiu como jogador

Por Lance

Wellington Nem
Wellington Nem -
Rio - O atacante Wellington Nem foi apresentado oficialmente como novo reforço do Fluminense. O jogador, que assinou o contrato de empréstimo até o fim do ano, não escondeu a satisfação de voltar para o clube que o revelou.

"Eu já tentei voltar ao Fluminense umas quatro ou cinco vezes nesse período de Shakhtar Donetsk, que não deram certo. Agora com Celso e Mário teve a possibilidade e eu estou muito feliz de poder retornar e vestir novamente a camisa do Fluminense. A motivação foi minha. É o amor pelo clube", se declarou Nem, que completou.

"No Shakhtar tinha tudo, mas não tinha alegria e aqui no Fluminense eu tenho. Eu tinha outras possibilidades mas não quis. Se não fosse para vir para o Fluminense, eu ficaria no Shakhtar.

Das mãos do presidente Mário Bittencourt, o jogador recebeu a camisa tricolor ainda sem número, mas tudo indica que será a 18, que pertence ao Luciano. O presidente revelou que até o fim desta sexta-feira vai haver uma definição sobre o atacante.

"Vou esperar para ver o que vai acontecer. Não sei da situação do Luciano, mas se ele for embora, vou querer a 18, porque é um número que marcou a primeira passagem no Fluminense e a minha vida. É esperar um pouco.

Após seis anos longe do Fluminense, Wellington Nem avaliou que evoluiu como jogador e também como pessoa. O atacante garantiu ainda que as lesões foram presentes apenas na época do São Paulo.

"Sou a mesma pessoa, estou bem. O que mudou da Europa é que eu estou mais na área para fazer gol, além da experiência. O período por lá foi bom, tanto como pessoa e jogador. Treino mais, para estar sempre bem e a Europa me mostrou isso. Depois do São Paulo não tive lesão nenhuma. Joguei muitos jogos no Shakhtar, inclusive como titular
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários