Confira as atuações do Fluminense na derrota para o CSA

Tricolor mais uma atuação ruim e perdeu por 1 a 0 no Maracanã

Por O Dia

Fernando Diniz, treinador do Fluminense
Fernando Diniz, treinador do Fluminense -
MURIEL: Foi pouco exigido diante do CSA, que só finalizou duas vezes. Nada pôde fazer no gol que sofreu. NOTA 5,5
IGOR JULIÃO: Muito presente no apoio e seguro na defesa, mas não conseguiu criar perigo. NOTA 5,5
MIGUEL: Entrou no fim e pouco pôde fazer. SEM NOTA
YURI: Escalado de última hora, não comprometeu. NOTA 6
NINO: Estava bem, mas cometeu falha decisiva no gol do CSA. NOTA 5,5
CAIO HENRIQUE: Mais tímido que o habitual, foi peça nula. NOTA 5
ALLAN: Um dos poucos que se salvou. Como sempre, foi preciso nos passes. NOTA 6,5
DANIEL: Tímido, limitou-se fazer o simples até ser substituído. NOTA 5
BRENNER: Perdeu um chance clara logo depois que entrou. No mais, nada acrescentou. NOTA 4
GANSO: Foi participativo, mas errou demais. Quando acertou, deixou Yony na cara do gol e sofreu um pênalti não marcado. NOTA 5,5
YONY GONZÁLEZ: Brigador como sempre, correu demais, mas perdeu muitas chances. NOTA 6
JOÃO PEDRO: Ainda não apresentou sua melhor versão depois da lesão. Saiu no intervalo. NOTA 5
WELLINGTON NEM: Entrou melhor que João Pero, fez jogadas individuais e arriscou finalizações, mas parou em Jordi. NOTA 5,5
MARCOS PAULO: Outro que tentou bastante, mas esteve longe do seu melhor. Acertou um lindo lançamento para Brenner, que perdeu. NOTA 5,5
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários