Abelão é o nome favorito

Após demitir Diniz, diretoria discute possíveis substitutos. Mano e Dorival estão na lista

Por O Dia

Abel Braga é um forte nome para assumir o Rubro-negro
Abel Braga é um forte nome para assumir o Rubro-negro -

Com o técnico Fernando Diniz demitido às vésperas das quartas de final da Copa Sul-Americana, contra o Corinthians, a diretoria tem pressa para definir o substituto e já fez contato com Abel Braga, favorito a assumir o cargo.

Identificado com o Tricolor, Abel está sem clube desde maio, quando pediu demissão do Flamengo após viver momentos de muita pressão. Seu trabalho anterior foi justamente no Tricolor, encerrado em junho de 2018 depois de um ano e meio no cargo. Ele manteve uma boa relação com a diretoria, mesmo convivendo com salários atrasados.

Abel tem o costume de não iniciar trabalhos no meio da temporada, mas a identificação com o Fluminense pode facilitar a negociação, conduzida por seu filho e representante Fábio Braga. O presidente Mário Bittencourt, o vice-geral Celso Barros e o diretor-executivo Paulo Angioni também discutem alternativas a Abelão. Atualmente, Mano Menezes, Dorival Júnior e Jair Ventura são os nomes mais conhecidos disponíveis no mercado.

Diniz ataca Celso Barros

De cabeça erguida após a demissão, o técnico Fernando Diniz mostrou gratidão pela oportunidade de trabalhar no Fluminense. Mas não escondeu a relação estremecida com Celso Barros, homem-forte do futebol, que cobrou publicamente os jogadores e a ele próprio em entrevista coletiva na semana passada.

"Eu agradeço às pessoas que merecem ser agradecidas. E são essas três: Abad, Fabiano e Mário. Ontem (domingo), eu tive uma conversa muito profunda com o Mário, um amigo que eu fiz. Assim como os outros dois. Eu não acho que (a coletiva de Celso) afetou o desempenho, pois os jogadores são muito maiores do que aquele tipo de entrevista. Os jogadores são muito grandes", declarou Fernando Diniz.

Digão inicia tratamento de lesão na panturrilha

Desfalque de última hora contra o CSA, o zagueiro Digão não participou da atividade de ontem comandada pelo técnico interino Marcão. Com dores na panturrilha, ele iniciou tratamento e é dúvida para a partida de quinta-feira, contra o Corinthians.

Foram a campo ontem apenas os reservas na derrota por 2 a 1 para o CSA, domingo, enquanto os titulares fizeram trabalho de recuperação física. Também lesionados, o atacante Pedro, o zagueiro Matheus Ferraz e o volante Calegari estão fora de combate.

Antes do treino, os jogadores se despediram do técnico Fernando Diniz, e muitos publicaram mensagens de agradecimento nas redes sociais.

O atacante Yony González, um dos destaques do Fluminense na temporada, entrou na mira do Atlético-MG, que já fez contato com os representantes do atleta. O contrato dele vai até o fim do ano e o Tricolor já negocia a renovação, mas Yony está livre para firmar vínculo com uma outra equipe.

Comentários