Titulares no Fluminense, Ganso e Nenê possuem histórico ruim contra o Corinthians

Passagem recente pelo São Paulo acirrou a rivalidade dos dois jogadores com o adversário desta quinta-feira; Confira o histórico:

Por Lance

Nenê e Ganso, juntos, atrapalham o rendimento do Fluminense
Nenê e Ganso, juntos, atrapalham o rendimento do Fluminense -
Rio - A partida desta quinta-feira entre Corinthians e Fluminense, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, vai ser a primeira na qual Ganso e Nenê vão jogar juntos desde o início. Comandar a dupla era um desejo antigo de Fernando Diniz. No entanto, o ex-treinador do Tricolor os utilizou em apenas duas partidas, contra Internacional e Atlético-MG. Mesmo assim, com Nenê entrando no segundo tempo dos jogos.

Sem Diniz, coube a Marcão encaixá-los juntos no time titular. Para isso, João Pedro vai para o banco de reservas, Yony González se torna a referência no ataque e Nenê vai cair mais pela esquerda, com Ganso sendo o responsável por iniciar as jogadas.

O passado recente de Ganso e Nenê têm em comum o São Paulo, último clube dos dois no Brasil. No Tricolor Paulista ambos enfrentaram o Corinthians diversas vezes. Em seis jogos, equilíbrio total, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas, marcando um gol e contribuindo com duas assistências.

Já Paulo Henrique Ganso possui um retrospecto bem ruim quando enfrentou o Corinthians com a camisa do São Paulo. Em 13 partidas, apenas três vitórias, três empates e sete derrotas, fazendo um gol.

Dessa vez o tricolor é outro e pelo Fluminense, a dupla pode mudar essa história.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários