Fluminense alerta torcedores sobre manifestações proibidas pela Conmebol

Clube carioca já foi punido contra o Peñarol

Por O Dia

Rio de Janeiro - 18/07/2019 - Torcida do Fluminense durante partida contra a equipe do CSA no estadio do Maracana valido pelo Campeonato Brasileiro 2019. Foto: Luciano Belford/agencia O Dia
Rio de Janeiro - 18/07/2019 - Torcida do Fluminense durante partida contra a equipe do CSA no estadio do Maracana valido pelo Campeonato Brasileiro 2019. Foto: Luciano Belford/agencia O Dia -
Rio - Com medo de outra punição por uso de bombas e sinalizadores da torcida, o Fluminense divulgou em seu site oficial uma nota pedindo para que os torcedores evitem manifestações "proibidas" pela Conmebol na partida de volta contra o Corinthians, nesta quinta-feira, no Maracanã.
"O Fluminense Football Club comunica a seus torcedores que a CONMEBOL proíbe, com punições ao clube, a ação Ruas de Fogo, assim como o uso de qualquer artefato inflamável, pirotécnico ou explosivo dentro do Maracanã, nas áreas próximas e vias no entorno do estádio, antes e depois dos jogos. O FFC pede a atenção de sua torcida para que evite essas manifestações nesta quinta-feira (29/8) contra o Corinthians ou em qualquer partida do Tricolor a ser realizada no local.", informou o site.
O Tricolor foi punido pela entidade no valor de 20 mil dólares, cerca de R$ 80 mil, por conta de uso de bombas e sinalizadores por parte da torcida do Fluminense. De acordo com o delegado da partida, o argentino Leandro Crispi, foi possível ouvir 15 explosões durante a partida.

Comentários