Com traços de Diniz, Fluminense de Marcão encara o Athletico-PR de Tiago Nunes

Técnico tricolor tenta repetir o sucesso do comandante do Furacão, que também era interino

Por O Dia

Marcão: mistério sobre Ganso
Marcão: mistério sobre Ganso -

Com dez pontos conquistados de 12 disputados sob o comando de Marcão no Campeonato Brasileiro, o Fluminense coloca à prova sua boa fase hoje, às 21h, contra o Athletico-PR. O duelo no Maracanã também deixará frente a frente dois sucessores de trabalhos de Fernando Diniz, com o técnico tricolor tentando repetir a trajetória de sucesso de Tiago Nunes, que em um ano saiu de interino do Furacão para um dos profissionais mais valorizados do futebol nacional.

Fluminense e Athletico-PR apostaram alto em Fernando Diniz, que não deu certo, e viram os interinos terem melhores resultados no Brasileirão mantendo algumas características do antecessor. A diferença é que o Furacão já tinha Tiago Nunes como técnico do sub-23 e apostou nele imediatamente, enquanto Marcão chegou como auxiliar no meio do ano e só assumiu após a tentativa com Oswaldo de Oliveira não dar certo.

Com Tiago Nunes, que assumiu em junho de 2018, o Athletico-PR saiu da zona de rebaixamento e conquistou os títulos da Copa Sul-Americana, ano passado, e da Copa do Brasil, em 2019. No início, ele buscou manter alguns traços de Diniz, principalmente a posse de bola. Mas também fez ajustes decisivos, tornando o time mais objetivo em busca do gol. O atual técnico do Furacão ainda se preocupou em melhorar o sistema defensivo, que vinha sofrendo muitos gols.

Marcão busca o mesmo caminho, sendo que já foi efetivado pela diretoria — Nunes só deixou de ser interino este ano. Uma das primeiras mudanças foi voltar a usar o DNA do time de Diniz, com posse de bola, algo abandonado por Oswaldo e pedido pelo elenco. Também apostou em Danielzinho, peça-chave do primeiro treinador e esquecido pelo segundo.

"Desde que assumiu, Marcão tentou resgatar esse futebol do Diniz. Com posse de bola e muita criação, estamos conseguindo fazer isso", disse recentemente Danielzinho.

Marcão também buscou ajustar o esquema para dar mais força defensiva, grave problema com Diniz. Agora, o Fluminense aguarda mais perto de sua área e faz marcação por zona. Por enquanto, as mudanças têm funcionado e o time está há três jogos sem ser vazado. Próximo passo será tentar repetir o sucesso de Nunes, a começar com a fuga da queda.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Marcão: mistério sobre Ganso LUCAS MERÇON / FLUMINENSE
Marcão está invicto no comando do Fluminense LUCAS MERÇON / FLUMINENSE

Comentários