Decisivo, xodó pode ganhar vaga de titular no time do Vasco

Atacante marcou pela primeira vez como profissional

Por O Dia

Marrony curte a boa fase após balançar a rede pelos profissionais do Vasco
Marrony curte a boa fase após balançar a rede pelos profissionais do Vasco -

Rio - O gol decisivo na vitória de 2 a 1 sobre o Bahia é um filme que Marrony não se cansa de reprisar na própria memória. Foi demasiadamente especial para o prata da casa. Diante da família que veio de Volta Redonda, o atacante, de 19 anos, marcou pela primeira vez como profissional e, de quebra, ajudou a tirar o Cruzmaltino do Z-4 do Brasileiro, após cinco rodadas sem vitória.

"Foi a primeira vez que joguei em São Januário como profissional. A felicidade é enorme também porque meus familiares saíram de Volta Redonda para me ver jogar e acabaram assistindo também o meu primeiro gol. Foi uma noite especial e que jamais esquecerei", disse Marrony ao site oficial do clube.

Marrony não poderia estar mais em casa. Afinal, ele ainda mora na Pousada do Almirante, localizada abaixo das arquibancadas de São Januário. Promovido pelo então técnico Zé Ricardo, tem ganhado espaço com Alberto Valentim, mas ainda faz jornada dupla e também disputa o Brasileiro Sub-20. Com quatro gols, está na disputa da artilharia, que pode ficar em segundo plano.

Com a suspensão de Maxi López, o novo xodó da torcida é candidato a uma vaga no ataque. A tendência é que Andrés Ríos jogue mais avançado e que Marrony entre na briga com Thiago Galhardo e Giovanni Augusto pela vaga contra o Santos.

Homônimo do cantor sertanejo, ídolo de sua mãe, Marrony não canta, mas escutou o nome ecoar pela arquibancada de São Januário na segunda-feira. Na trilha de outras joias reveladas na Colina, como Souza, Philippe Coutinho, Alex Teixeira e Paulinho, ele quer escrever a própria história, de preferência com a permanência do Vasco na Série A. "Que seja apenas o início e que continue ajudando o Vasco nesse recomeço".