Confira as notas do time do Vasco no empate com o Ceará

Por

FERNANDO MIGUEL: Foi bem nas poucas vezes em que foi exigido e passou tranquilidade ao time. NOTA 7

LUIZ GUSTAVO: Abdicou do apoio ao ataque e ficou preso demais à marcação. Mas deu conta do recado na parte defensiva. NOTA 6

WERLEY: Sempre bem posicionado, levou a melhor no combate direto em quase todas as jogadas. NOTA 6

LEANDRO CASTAN: No mesmo nível do companheiro de zaga. Seguro na marcação. NOTA 6

WILLIAN MARANHÃO: Improvisado na lateral esquerda, não comprometeu defensivamente, mas quase não foi ao ataque. NOTA 6

RICARDO: Entrou para manter a força defensiva do Vasco e não comprometeu. NOTA 6

RAUL: Apagado, quase não pegou na bola e ainda deixou espaços para os adversários se criarem. NOTA 4

DESÁBATO: Entrou e deu mais consistência ao meio de campo cruzmaltino. NOTA 7

ANDREY: Mesmo bem marcado, criou algumas boas jogadas e tentou comandar o meio de campo. NOTA 8

THIAGO GALHARDO: Com garra, lutou muito para conter o ímpeto do Ceará, só que não foi tão desenvolto nas jogadas ofensivas. NOTA 6

KELVIN: Outro que pouco foi visto em campo. Nervoso. NOTA 4

MAXI LÓPEZ: Isolado na frente, teve poucas chances de buscar o gol. Ao menos leva alguma preocupação aos zagueiros adversários. NOTA 6

CAIO MORENO: Tímido demais no ataque. Deu a impressão de ter sentido a pressão de substituir o suspenso Yago Pikachu. NOTA 4

MARRONY: Entrou e deu mais dinâmica e consistência ao ataque. Mesmo assim, perdeu a chance mais clara de gol no jogo. NOTA 6

 

Comentários