Da 'ida pra Sibéria' aos ovos de páscoa: relembre 10 frases marcantes de Eurico Miranda

Ex-presidente do Vasco morreu nesta segunda-feira

Por O Dia

Eurico Miranda
Eurico Miranda -

Rio - Morreu na manhã desta terça-feira o ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda. O icônico dirigente ficou marcado na história do futebol brasileiro por conta de frases polêmicas, principalmente sobre a rivalidade com o Flamengo. Diante deste cenário, o Dia relembra as declarações mais marcantes do dirigente.

1 - "Tomaram um chocolate. Dei os ovos de páscoa pra torcida e um chocolate pra eles (flamenguistas)" 

Após a vitória de 5 a 1 sobre o Flamengo, na final da Taça Guanabara de 2000, que aconteceu em um domingo de páscoa, Eurico Miranda provocou o Rubro-Negro. Antes da partida, o então presidente do Vasco havia distribuído ovos de páscoa para torcida vascaína.

2 - "Eu fiz tudo pra perder do Flamengo, tudo. Tirei o jogo de São Januário, não pago bicho. Mas tá aí. 2 a 0"

Em 2015, na semifinal do Campeonato Carioca, o Vasco mandou o clássico contra o Flamengo em Manaus.  Após a polêmica entrada do então capitão rubro-negro, Wallace, com uma bandeira do clube, que foi fincada no centro do campo, Eurico soltou o verbo novamente e voltou a provocar o clube da Gávea.

3 - "Não sei se tenho maior prazer numa relação sexual ou se quando ganhamos do Flamengo"

Sobre o sentimento de vencer os clássicos contra o Flamengo.

4 - "Já comprei o chope. E paguei. Tenho certeza de que vamos ser campeões porque nosso time é muito melhor do que o Flamengo. Raramente eu erro. Mas, se errar, as conseqüências virão para mim."

Antes da derrota para o Flamengo na final do Campeonato Carioca de 2004, Eurico declarou que a festa do título já estava pronta.

5 - "Futebol é coisa para homem que mantém distância um do outro. Por isso sou contra homossexual e mulher no futebol."

Eurico fez mais uma declaração polêmica ao comentar sobre a presença de mulheres e homossexuais no futebol.

6 - "Ele fica dentro do gabinete, com ar-condicionado, fazendo preces falsas para Jesus. Se estou falando do governador? É claro. O governador é falso e incompetente. O v… do governador acabou com o jogo. Ele manda no coronel, mas não no Vasco. É um frouxo!"

O dirigente não poupou críticas ao então Governador do Rio, Anthony Garotinho, que mandou paralisar a decisão da Copa João Havelange, em 2000, após a queda de um alambrado.

7 - "A exemplo de como fizemos com a nossa taça da Libertadores, vamos passar novamente com a taça do Mundial pela Gávea quando voltarmos do Japão."

Após o título da Libertadores de 1998, o ex-dirigente não perdeu a chance de mais uma vez alfinetar o maior rival do Vasco. No entanto, o Cruzmaltino não conquistou o Mundial de Clubes.

8 - "Perder a eleição para esses amarelinhos? Não tem a menor chance. Se eu perder a eleição para esses janotas, eu desisto do Vasco."

Ironizando a chapa amarela, formada por Júlio Brant, nas últimas eleições presidenciais do Vasco.

9 - “Já falei que a palavra rebaixamento, aqui, é proibida. Se eu achar que o Vasco vai ser rebaixado, vou procurar o ponto mais distante da Sibéria e vou para lá.”

Em 2015, Eurico declarou que iria se mudar para a Sibéria caso o Vasco fosse rebaixado. No fim do ano, o Cruzmaltino caiu pela terceira vez e o dirigente teve que aguentar provocações dos rivais.

10 - "O respeito voltou. Ponto."

Em 2015, após vencer o Flamengo em seu primeiro clássico no retorno à presidencia do Vasco, Eurico se limitou a dizer que o respeito no clube havia voltado.

Comentários