Pikachu diz que 'tempo de sofrer' no Vasco já passou e evita oba-oba contra o CSA

Jogador valorizou momento do Cruzmaltino e pregou respeito pela equipe alagoana

Por Lance

TREINO VASCO DA GAMA, 11/07/2019.
TREINO VASCO DA GAMA, 11/07/2019. -
Rio - Sofrimento no final do ano? Para o lateral Yago Pikachu, o pior momento do Vasco na temporada já passou. Em entrevista coletiva no CT do Almirante, nesta sexta-feira, o lateral falou sobre a fórmula para manter a boa fase. O Cruz-Maltino vem de quatro vitórias em seis rodadas e quer continuar subindo na tabela do Campeonato Brasileiro.

"Continuar trabalhando da mesma forma, sem relaxar. É algo que o Vanderlei cobra bastante, às vezes fazemos isso sem querer. Com uma derrota podemos entrar novamente na zona de perigo e não queremos passar por isso de novo. O tempo de sofrer, já foi, com os seis jogos sem vencer. Agora estamos crescendo e esperamos melhorar cada vez mais", comentou.

Na próxima rodada, o Vasco encara o CSA no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES). Os adversários são apenas os penúltimos colocados no Brasileirão, com sete pontos. Pikachu evitou o sentimento de "já ganhou". O confronto será às 19h, no domingo.

"Na reapresentação, o Vanderlei já deu o toque para nós. Muita gente acha que será um jogo fácil pelo crescimento que a equipe vem tendo, mas estamos encarando o CSA como se fosse o líder do campeonato. É uma partida difícil. Estamos treinando forte para que o oba oba não entre em campo. Estamos em uma crescente positiva. É uma decisão para que possamos ficar na parte de cima da tabela e brigar por coisas maiores", disse.

Veja outras respostas:

Gols de falta

Nossa equipe vem treinando, o Ramon pega três jogadores por dia para aperfeiçoar as cobranças e vem dando certo. Nossa equipe está correspondendo, mas eu venho me cobrando. Tem anos que não faço gol de falta, ainda não fiz aqui. No Payssandu eu fazia alguns. Venho treinando para, quando a oportunidade aparecer, eu poder ajudar.

Luxemburgo

Conseguiu resgatar a confiança de todo mundo. Passamos seis jogos sem vencer, a auto-estima lá em baixo, perdendo pontos em casa. Há um baque natural. Ele conseguiu resgatar isso com muito trabalho e dedicação de todos. Conseguimos entender o estilo de trabalho dele e está fazendo a diferença. Temos condições de brigar por coisas maiores. Passamos por três adversários difíceis e agora temos uma tabela um pouco mais fácil. Pode nos ajudar.

Jogos fora do Rio

Se fosse para escolher, com certeza seria em São Januário, onde demonstramos nossa força. Sabemos que houve a mudança importante para o clube e vamos atuar em Cariacica, que também estamos acostumados. O apoio será igual, tem muito vascaíno lá, sempre nos damos bem. Tentar levar o torcedor ao estádio. Depois tem o clássico em Brasília, não será novidade. É importante estar concentrado como mandante e até mesmo contra o Goiás. São jogos que sabemos que podemos vencer.

Galeria de Fotos

TREINO VASCO DA GAMA, 11/07/2019. Rafael Ribeiro/Vasco
Yago Pikachu projetou o duelo contra o CSA Foto: Daniel Castelo Branco / Agencia O Dia

Comentários