Campello acelera planejamento e encaminha acordo com a Havan

Acordo divide opiniões nas redes sociais, mas contrato deve ser selado com marca exibida nas mangas da camisa

Por O Dia

Alexandre Campello e Luciano Hang se reuniram na sede da Havan, em Brusque, Santa Catarina
Alexandre Campello e Luciano Hang se reuniram na sede da Havan, em Brusque, Santa Catarina -
Rio - O fim do Campeonato Brasileiro não diminuiu o ritmo em São Januário, pelo menos nos bastidores. Com foco no planejamento de 2020, o presidente do Vasco, Alexandre Campello, deixou encaminhado o acordo com a Havan, que passaria a estampar a sua marca nas mangas da camisa cruzmaltina, a princípio. Um novo encontro será realizado para selar os termos do contrato.
A reunião com Luciano Hang, dono das lojas de departamento, aconteceu nesta terça-feira em Brusque, Santa Catarina. Hang usou suas redes sociais para registrar o encontro com o mandatário cruzmaltino e destacou o movimento feito por parte da torcida pelo investimento da empresa.
O provável acerto com a nova parceira, no entanto, não foi unanimidade entre os vascaínos. O motivo dos protestos nas redes socais é ligação entre o dono da empresa e o presidente da República, Jair Bolsonaro, além das acusações de sonegação fiscal do empresário.
Atualmente, o Vasco tem o Banco BMG como patrocinador máster, que paga R$ 8 milhões fixos ao clube por ano. Com o programa sócio-torcedor em alta, com mais 180 mil inscritos, a diretoria passará a contar com uma renda extra na casa dos R$ 4 milhões, dinheiro que será usado prioritariamente para manter a folha em dia em 2020.
O clube ainda deve os meses de outubro e novembro para os jogadores, e setembro, outubro e novembro para os demais jogadores. Com a verba da premiação no Brasileiro — R$ 14,6 milhão — para quitar todas as pendências e iniciar a próxima temporada zerado em dívidas.
O compromisso de pagar os salários em dias faz parte do pacote de exigências do técnico Vanderlei Luxemburgo para renovar com o Vasco. O aumento no investimento para contratações é outro. As negociações seguem abertas e com otimismo tanto pelo clube quanto pelo treinador.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários