Sondado por clubes europeus, lesão de Talles Magno frusta expectativa do Vasco

A estreia de Talles Magno pelo time profissional do Vasco tem pouco mais de seis meses. Apenas seis meses. Mas o atacante, ainda com 17 anos, que surgiu como promessa, virou destaque, esperança de protagonismo e se recupera da segunda lesão importante no período. Enquanto isso, é esperança de alívio financeiro para o clube com uma venda para o futebol europeu. Gigantes o monitoram. A cirurgia no pé esquerdo do adolescente promissor foi na última quarta-feira, e considerada bem sucedida. No ano passado, no auge do encanto junto à torcida cruz-maltina, uma lesão na coxa direita, durante um jogo pelo Mundial Sub-17, decretou a ausência do jogador na reta final do Campeonato Brasileiro. O início da temporada 2020 foi longe do que Talles gostaria. Com grande expectativa sobre os ombros, o atacante não conseguiu repetir o desempenho ao qual a torcida se acostumou. E ele vinha se cobrando. Aparentava nervosismo que até o técnico Abel Braga admitiu perceber também. Talvez pela expectativa de retorno técnico, pelo protagonismo imaginado para ele nesta temporada, e financeiro para o clube. Com multa rescisória de € 50 milhões (R$ 241 milhões, na cotação atual), ele é o principal ativo do clube. É de quem se acredita que poderá surgir a venda e consequente aporte financeiro que amenize a grave crise financeira pela qual passa o clube de São Januário. Mesmo que só possa deixar o país quando fizer 18 anos (o aniversário de Talles é em junho), ele já vem sendo monitorado. Os gigantes europeus Liverpool, atual campeão do mundo, Juventus, maior campeã italiana e atual octacampeã seguida, e Barcelona, de Messi e companhia, já se destacam entre os clubes que sondaram o jogador. Nada chegou de concreto até o clube, pelo menos até o momento. O atacante vascaíno, então, vai se recuperando da cirurgia enquanto o Vasco tenta encontrar soluções para os problemas financeiros tão urgentes. Quando voltar a jogar, com o Campeonato Estadual já encerrado ou para acabar, a expectativa ainda será alta. Mesmo que o tempo de observação dos europeus seja menor até o início da possibilidade de transferência, a opção para o lado esquerdo do ataque seguirá relevante.

Por Lance

Talles Magno
Talles Magno -
Rio - A estreia de Talles Magno pelo time profissional do Vasco tem pouco mais de seis meses. Apenas seis meses. Mas o atacante, ainda com 17 anos, que surgiu como promessa, virou destaque, esperança de protagonismo e se recupera da segunda lesão importante no período. Enquanto isso, é esperança de alívio financeiro para o clube com uma venda para o futebol europeu. Gigantes o monitoram.

c. No ano passado, no auge do encanto junto à torcida cruz-maltina, uma lesão na coxa direita, durante um jogo pelo Mundial Sub-17, decretou a ausência do jogador na reta final do Campeonato Brasileiro.

O início da temporada 2020 foi longe do que Talles gostaria. Com grande expectativa sobre os ombros, o atacante não conseguiu repetir o desempenho ao qual a torcida se acostumou. E ele vinha se cobrando. Aparentava nervosismo que até o técnico Abel Braga admitiu perceber também.

Talvez pela expectativa de retorno técnico, pelo protagonismo imaginado para ele nesta temporada, e financeiro para o clube. Com multa rescisória de € 50 milhões (R$ 241 milhões, na cotação atual), ele é o principal ativo do clube. É de quem se acredita que poderá surgir a venda e consequente aporte financeiro que amenize a grave crise financeira pela qual passa o clube de São Januário.

Mesmo que só possa deixar o país quando fizer 18 anos (o aniversário de Talles é em junho), ele já vem sendo monitorado. Os gigantes europeus Liverpool, atual campeão do mundo, Juventus, maior campeã italiana e atual octacampeã seguida, e Barcelona, de Messi e companhia, já se destacam entre os clubes que sondaram o jogador. Nada chegou de concreto até o clube, pelo menos até o momento.

O atacante vascaíno, então, vai se recuperando da cirurgia enquanto o Vasco tenta encontrar soluções para os problemas financeiros tão urgentes. Quando voltar a jogar, com o Campeonato Estadual já encerrado ou para acabar, a expectativa ainda será alta. Mesmo que o tempo de observação dos europeus seja menor até o início da possibilidade de transferência, a opção para o lado esquerdo do ataque seguirá relevante.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários