Abel indica titularidade de Guarín, descarta Benítez e defende escolhas no Vasco

Técnico também falou sobre a importância da classificação na Copa do Brasil

Por Lance

Abel
Abel -

Rio - Com a greve dos jogadores por conta dos salários atrasados, foi o técnico Abel Braga quem concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira, véspera do duelo contra o ABC, pela segunda fase da Copa do Brasil. Em momento conturbado e convivendo com vaias, o treinador reconheceu as atuações ruins do time e deixou claro que entende as manifestações da torcida. O Cruz-Maltino entra em campo às 21h30, no Maracanã.


"Não agradou nada. Nem ao torcedor, nem a nós, nem aos jogadores. Esperávamos uma equipe mais solta contra o Resende. E não ocorreu. E a manifestação do torcedor é muito clara e evidente. Já há um bom tempo o Vasco vem lutando contra uma série de problemas. O torcedor, mesmo nessa dificuldade, pode sair insatisfeito, mas ele vai lá e incentiva. Não temos nada a reclamar nada do torcedor, porque estamos completamente compactuados com eles em relação ao que apresentamos até agora", disse, no CT do Almirante antes do treinamento.

Em campo, Abel deixou aberta a possibilidade de iniciar o jogo com Fredy Guarín. Havia essa expectativa contra o Resende, mas ele entrou apenas no segundo tempo e mostrou que ainda não está na condição física ideal. Além disso, o treinador garantiu que continua com três atacantes.

"Conversei com o Guarín. Ele não tem condições de suportar 90 minutos. No jogo passado, corremos certo risco para colocá-lo em campo. Jogou um tempo e mostrou a capacidade que tem mostrado nos treinamentos. Mas conversando ele disse que ainda não tem condições de jogar o jogo todo. A possibilidade de começar com ele é boa, fazendo o contrário, começando e saindo depois", afirmou.

 

"Nós vamos jogar sempre com três atacantes. Vocês me conhecem há muito tempo e sabem que sempre foi assim, desde lá atrás. (O ataque) pode ser Ribamar, Cano e Marrony. Se não for o Ribamar, pode ser o Thiago Reis. Pode ser o Vinícius também. Estamos estudando o adversário", completou.

Por fim, Abel descartou a utilização de Martín Benítez. O jogador ainda não está regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, mas também não chegou nas melhores condições físicas.

"Certamente não terá nenhum problema com a inscrição, mas no primeiro jogo da Sul-Americana, contra o Fortaleza, ele teve uma contusão na coxa e não está 100%. Ontem ele participou do aquecimento, deu para ver que ele está entusiasmado, contende e feliz. Chegou aqui e encontrou o Guarín e o Cano, que falam o mesmo idioma. Mas ele ainda não está liberado pelo departamento médico nem pelo departamento jurídico", finalizou.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários