Galvão sugere que Campello seja o novo técnico do Vasco: 'Tomar um pouco de pancada'

Narrador criticou a demissão de Ramon Menezes

Por O Dia

Ramon Menezes
Ramon Menezes -
Rio - O Vasco anunciou nesta quinta-feira a demissão do técnico Ramon Menezes, após derrota por 3 a 0 para o Bahia, na última quarta-feira. Galvão Bueno, narrador e apresentador do Grupo Globo, não aprovou a decisão da diretoria Cruzmaltina.
Galvão afirmou que não há justificativa, dentro de campo, que dê razão aos dirigentes do clube, e sugeriu, de forma irônica, que o Alexandre Campello, presidente do Vasco, assuma a vaga de treinador, para "tomar um pouco de pancada".
Enquete

Quem deve ser o novo treinador do Vasco?

 
 
 


"Quem viria para assumir o time do Vasco. Lá tem presidente, vice? Gerente de futebol? Demitir o Ramon em uma circunstância dessa, com bom aproveitamento. O Vasco perdeu dois jogos. Perdeu para o Atlético-MG, líder do campeonato e perdeu para o Bahia, que está se arrumando. Por que o presidente não vai dar treino e senta no banco para tomar um pouco de pancada", disse Galvão em participação no Seleção SporTV.
André Rizek, apresentador do programa, disse que uma demissão por aspectos técnicos seria surreal.
"A demissão por aspectos técnicos parece surreal. Se foi uma demissão por aspectos técnicos depois de 16 rodadas é um absurdo", opinou. 
Além deles, o ex-jogador sérvio, Petkovic, disse que parecia não haver nenhum tipo de pressão para demitir o treinador.
"Normalmente, antes de cair um técnico, tem a pressão dentro do clube, a imprensa comenta. A gente, em nenhum momento, falou sobre o Vasco. De repente, interrompem um trabalho, que estava em um bom caminho. Fazia um bom trabalho com o elenco limitado do Vasco", complementou. 

Comentários