Benítez: permanência no Vasco muito perto de ser concretizada - Rafael RIbeiro / Vasco
Benítez: permanência no Vasco muito perto de ser concretizadaRafael RIbeiro / Vasco
Por MH
Ainda em busca de uma equipe mais equilibrada entre a defesa e o ataque, o técnico Ricardo Sá Pinto faz nesta próxima segunda-feira, às 18h, contra o Ceará, em São Januário, o seu décimo compromisso à frente do Vasco, que tem uma boa oportunidade para deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time ocupa a 17ª colocação, com 24 pontos.
No entanto, apesar de enfrentar um adversário direto na corrida contra a degola (o Vozão é o 15º, com 26), o desempenho do Gigante da Colina em casa sob o comando do português preocupa: apenas 33%. Nos quatro jogos em que dirigiu o time em seus domínios, o Vasco somou só quatro pontos de 12 possíveis. A única vitória contra o Caracas, da Venezuela, por 1 a 0, no apagar das luzes do jogo de ida pela segunda fase da Sul-Americana.
Publicidade
Antes, Sá Pinto perdeu para Corinthians (2 a 1) e Palmeiras (1 a 0) em duelos equilibrados e ficou num 0 a 0 sofrível com o Fortaleza, no último dia 19.
Cano é dúvida e Benítez volta
Publicidade
Se já não bastasse a campanha irregular, o Vasco ainda corre o risco de perder o argentino Germán Cano para o compromisso contra o Vozão. Neste último domingo, o goleador testou positivo para a Covid-19 e espera o resultado de um segundo exame. O atacante corre o risco de perder, também, a partida de volta contra o Defensa y Justicia, da Argentina, na próxima quinta-feira, na Colina, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, e contra o Grêmio, no final de semana, em Porto Alegre.
Caso ele não possa mesmo atuar, o Cruzmaltino perderá a sua maior arma ofensiva, uma vez que o camisa 14, na temporada, fez 20 dos 39 gols (51,2% do total) do Vasco. A conta aumentou depois da chegada do novo comandante. O argentino fez quatro dos seis gols (66%). Léo Matos, Ribamar e Tiago Reis fizeram os outros.
Quem pode reaparecer é o apoiador Martín Benítez, um dos recuperados do novo coronavírus. Existe uma boa chance dele ser titular contra o Vozão.
Publicidade
FICHA TÉCNICA:

Vasco: Lucão (Fernando Miguel), Miranda, Leandro Castan e Ricardo Graça; Léo Matos, Léo Gil, Marcos Júnior (Carlinhos), Benítez e Neto Borges; Gustavo Torres e Germán Cano. Técnico: Ricardo Sá Pinto

Ceará: Richard, Samuel Xavier, Klaus, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho, Charles e Vina; Lima, Léo Chú e Cléber. Técnico: Guto Ferreira

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 18h
Transmissão: Premiere
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias de Araújo (SP)
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira (SP)