Sá Pinto vive fase turbulenta, mas seu prestígio subiu por ter tomado a frente nas conversas com manifestantes - Daniel Castelo Branco
Sá Pinto vive fase turbulenta, mas seu prestígio subiu por ter tomado a frente nas conversas com manifestantesDaniel Castelo Branco
Por O Dia
Rio - O treinador Ricardo Sá Pinto irá permanecer no Vasco. Em entrevista ao portal "globoesporte.com", o presidente Alexandre Campello bancou a continuidade do português no comando da equipe carioca, que está na zona de rebaixamento do Brasileirão;
"Não acho que mais uma mudança de treinador vá resolver. Leva tempo até o treinador conhecer o elenco e acho que todos devem dividir a responsabilidade. Jogadores e comissão. E direção. Ninguém ganha ou perde sozinho no futebol. Cada um tem que assumir sua responsabilidade", afirmou.
Publicidade
Alexandre Campello, que está em Portugal, tentando antecipar parte dos recursos da venda do lateral-direito Nathan ao Boavista, comparou a situação envolvendo o atual técnico e a envolvendo Ramon Menezes, demitido do Cruzmaltino nesta temporada.
Publicidade
"Agora não conseguimos jogar com o mesmo time duas vezes seguidas. Tivemos vários problemas com a Covid-19, e o treinador quase não teve uma semana cheia para treinar, ao contrário do Ramon que teve a maior pré-temporada que eu já vi no futebol", disse.
Sá Pinto chegou ao Vasco há dois meses. Ao todo, ele comandou a equipe em 13 jogos, com apenas duas vitórias, cinco empates e seis derrotas. Ele assumiu o Cruzmaltino na 13ª colocação e atualmente a equipe está na zona de rebaixamento (17ª colocação) com três pontos a menos do Bahia, que é o primeiro clube fora.