O presidente Jorge Salgado disse que o Vasco se sente prejudicadoFoto: Rafael Ribeiro/Vasco

Rio - Um dia após o vice-presidente jurídico e geral do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches, trocar farpas com um torcedor vascaíno e chamou o clube carioca de "portuguesada" nas redes sociais. O Cruzmaltino utilizou o Twitter para rebater a fala do dirigente. Em tom provocativo, o clube de São Januário reafirmou sua origem e ainda alfinetou o maior rival.
"21 de Março - Dia Internacional contra a Discriminação Racial. Brasileiros, portugueses, americanos, africanos, ricos, pobres, pretos, brancos... O legítimo clube do povo é assim, de norte a sul, de todos. 
E sempre tivemos muito orgulho disso", publicou o perfil oficial do Vasco no Twitter.
A declaração de Rodrigo Dunshee de Abranches gerou polêmica nas redes sociais e foi chamada de "xenófoba" por alguns torcedores. Flamengo e Vasco decidiram a semifinal do Carioca neste domingo e o Rubro-Negro avançou após vencer por 1 a 0 no Maracanã.