Dinamite garante que não vai participar das eleições presidenciais do Vasco

Ídolo deve apoiar algum candidato no pleito que ainda não tem data para acontecer

Por bernardo.argento

Rio - Roberto Dinamite garantiu que não vai participar das eleições presidenciais do Vasco deste ano. O ídolo vascaíno está no comando do clube desde 2008. O mandatário ainda teria direito a mais um reeleição, mas optou por não entrar na disputa, que ainda não tem data para acontecer.

"Não posso dizer se será em junho ou novembro, pois é uma decisão que ainda não foi tomada. Mas não vou ser candidato", disse, em entrevista ao canal aberto CNT.

Dinamite não vai ser candidato a presidência do Gigante da ColinaCarlos Moraes / Agência O Dia

Apesar de não participar do pleito, Dinamite afirmou que deve apoiar algum candidato nas eleições, já que falou em dar "continuidade" ao trabalho que vem sendo feito.

"A política do Vasco é diferente em relação aos outros clubes, e isso é um grande problema. As coisas têm uma ressonância maior quando acontecem dentro do Vasco. Às vezes coisas internas do clube saem na mídia. Mas estamos dando um rumo ao Vasco e quero dar continuidade ao trabalho. Estamos trabalhando duro para ver o Vasco equilibrar sua vida financeira, mas para isso precisa ter tranquilidade", comentou à CNT.

Durante a gestão de Roberto Dinamite, o Vasco conquistou o título da Copa do Brasil de 2011. Apesar da conquista, seu mandato foi marcado por dois rebaixamentos do clube à segunda divisão.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia