'Não estava feliz no banco', desabafa o atacante Edmilson

Titular contra o Atlético-GO, centroavante fez o gol do Vasco

Por fabio.klotz

Brasília - O gol de Edmilson, neste sábado, no Mané Garrincha, teve uma dose de desabafo. Artilheiro do Vasco no primeiro semestre, o atacante foi relegado ao banco de reserva na parada para a Copa do Mundo e voltou a ter uma chance no duelo com o Atlético-GO. Nada melhor do que retornar e marcar.

Edmilson fez o gol do Vasco. Atacante não marcava desde junhoDivulgação

"A gente precisava. Tudo o que aconteceu nesse tempo sem jogar... Entrava cinco minutos, ficava jogos sem atuar. Não é vaidade. Estou com meus colegas, isso é um grupo e estou feliz de fazer parte dele. Até meus filhos cobram por que não estou jogando, mas nada mais que isso. Tive de trabalhar mais, não estava feliz por estar no banco. Mas o grupo ajudou. Agradeço a Deus e à minha família por esse gol. Porque a gente tenta dar o melhor. Escutamos muita coisa e só quem está aqui dentro sabe como é", disse o atacante.

LEIA MAIS: Vasco sai na frente, mas vacila e empata mais uma vez na Série B

Na comemoração do gol, ainda no primeiro tempo, Edmilson esbravejou contra a torcida. O atacante amargava um jejum desde junho. Agora, terá mais confiança para brigar pela titularidade e para ajudar o Vasco na sequência da Série B.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O Vasco tem 39 pontos na Série B e volta a campo na terça-feira, às 21h50, contra o Oeste, na Arena da Amazônia.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia