De volta ao poder, Eurico diz: 'Juro, até morrer, que o Vasco nunca mais cairá'

Dirigente garante fazer melhorias para o clube carioca

Por jessica.rocha

Rio - Após vencer as eleições e encaminhar retorno à presidência do Vasco na útima terça-feira, Eurico Miranda prometeu fazer melhorias para o clube carioca e garantiu que, enquanto viver, nunca mais deixará o Cruzmaltino cair para a Segunda Divisão. 

Eurico Miranda garante que Vasco não será mais rebaixadoReprodução Vídeo

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco 

"Juro, até morrer, que o Vasco nunca mais vai cair! Sei que não sou eterno, mas vou trabalhar para colocar o clube preparado para isso nunca mais acontecer. O maior erro da atual diretoria foi o desrespeito com o clube e esses dois rebaixamentos. Com isso, o Vasco agora ganhará menos que Flamengo e Corinthians nas cotas de televisão. O clube não é mais respeitado nas grandes discussões do futebol brasileiro e nas federações. O Vasco tem o direito, pelo seu passado e pelo que representa, de ser ouvido. Não queremos ter a última palavra, mas precisamos ser sempre consultados para qualquer coisa que envolva o futebol nacional. Tenho uma trajetória no clube de mais de 40 anos, e no esporte de uma maneira geral. A gente vai aprendendo, com erros e acertos. Isso dá condições para o diálogo. Eu não tenho a esperança, tenho certeza de que isso vai mudar para o Vasco. Pode não ser em breve, mas vai melhorar. Isso não tem dúvida", afirmou Eurico em entrevista à Radio Globo.

O novo presidente ressaltou que, em seu mandato, fará melhorias para São Januário e montará uma equipe forte para disputar os campeonatos. 

"Nesse meu mandato o estádio de São Januário será ampliado. Isso sem dúvida vai acontecer.Já tinha esse projeto antes de sair, mas não deram prosseguimento. Vamos ter espaço para 40 mil torcedores, sem deixar a parte histórica da sede. Também garanto ao torcedor que já no Campeonato Carioca o Vasco vai entrar para disputar o título. Não dá só para participar, vamos montar um time forte para brigar em todas as competições", acrescentou.

Não deixando de citar a histórica rivalidade com o Flamengo, Eurico afirmou que fará de tudo para manter a chama do duelo carioca acesa.

"Essa história de transformar o futebol em poesia não pode acontecer. O jogo contra o Flamengo é sempre uma guerra, no bom sentido. Guerra esportiva. Quero ganhar sempre, e que essa rivalidade continue até a eternidade", finalizou o mandatário. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia