Candidatos mortos a tiros

Dois políticos com passagem pela polícia são executados na Baixada

Por IG - Último Segundo

Domingão: morto no Cabuçu
Domingão: morto no Cabuçu -

Domingos Barbosa Cabral, 57 anos, candidato a vereador em Nova Iguaçu pelo Democratas (DEM) foi morto a tiros no fim da tarde de sábado no bairro Cabuçu. O político estava em um bar quando foi baleado por homens encapuzados. Domingão, como era conhecido, é o segundo candidato morto na Baixada Fluminense em dez dias.

Eleito suplente em 2016 pelo PHS, Domingos foi preso em flagrante em julho durante operação contra milícias. Com ele foram apreendidos uma pistola e carregador. Também foram presos o filho e o irmão do politico, identificado como PM.

Em 1º de outubro, Mauro Miranda da Rocha, 41 anos, candidato a vereador em Nova Iguaçu, pelo (PTC), foi morto a tiros no bairro Rancho Fundo. Ele foi baleado na cabeça, braço e peito. Em 2015, ele havia sido preso por porte ilegar de arma.

 

Comentários