Capitão de Mar e Guerra Ricardo Jaques Ferreira (de farda) fez sua primeira visita ao Porto de Itaguaí - Divulgação - Companhia das Docas
Capitão de Mar e Guerra Ricardo Jaques Ferreira (de farda) fez sua primeira visita ao Porto de ItaguaíDivulgação - Companhia das Docas
Por Jupy Junior
ITAGUAÍ – O Comandante da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRJ), Capitão de Mar e Guerra Ricardo Jaques Ferreira, fez sua primeira visita ao Porto de Itaguaí. O evento ocorreu na quarta-feira (18), mas a assessoria de imprensa da Companhia das Docas fez a divulgação apenas na segunda-feira seguinte, dia 23. Ferreira fez a visita acompanhado do Delegado da Capitania dos Portos em Itacuruçá, Capitão de Corveta Alexandre Lopes de Abreu.
As autoridades militares foram recepcionadas pelo superintendente de Gestão Portuária de Itaguaí e Angra dos Reis - Alexandre Neves, pela gerente de Acesso Aquaviário - Julia Crisóstomo; e por representantes dos terminais portuários - CSN, Sepetiba Tecon e CPBS - e do Porto Sudeste.
Publicidade
PROJETOS DE INFRAESTRUTURA
Na ocasião, as empresas apresentaram seus terminais e o superintendente do Porto de Itaguaí, Alexandre Neves, expôs os projetos da Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) para melhoria da infraestrutura aquaviária do Porto. Dentre esses projetos estão o corte da pedra no canal principal; a utilização de sinal virtual, em caráter temporário; o estabelecimento de um canal leve e de um fundeio para navios com calado de 18,20 metros.
Ao se apresentar, o Capitão dos Portos do Rio de Janeiro se colocou à disposição para trabalhar em parceria com a autoridade portuária, objetivando assim o desenvolvimento do Porto de Itaguaí e a segurança da navegação. Para o superintendente Neves, “é fundamental essa aproximação junto à autoridade marítima visando estabelecer uma agenda positiva e um canal de diálogo".