Campanha Cidadania Contra a Fome!
Campanha Cidadania Contra a Fome!Foto: divulgação
Por Lili Bustilho
A Firjan SESI e empresários fluminenses se unem a entidades parceiras e lança nesta semana a campanha SESI Cidadania Contra a Fome. O objetivo é ajudar a minimizar os efeitos da pandemia sobre pessoas em situação de fome e pobreza extrema por meio de doações de cestas básicas no estado do Rio. Viva Rio, o Movimento União Rio e Caminhão da Misericórdia são parceiros da Firjan SESI nesta iniciativa de mobilização da sociedade.
Pessoas em situação de extrema pobreza vivem com até R$ 89 por mês, o que em Campos são quase 130 mil cidadãos (129.026), sendo a sexta cidade do estado com o pior índice. Isso equivale a quase um terço da população campista (25,2%). Já Macaé é a 14ª cidade do estado com mais pessoas sobrevivendo com até R$ 89 por mês, num total de mais de 35 mil moradores (35.185). Em todo o estado são 2,6 milhões de pessoas nessa situação - o equivalente a 15,1% da população fluminense. O levantamento foi feito pela Firjan com base nos dados do Ministério da Cidadania.
Publicidade
“É preciso agir rápido para reverter esse quadro trágico de fome e pobreza que nos assola. Com essa ação solidária, a Firjan SESI reforça seu papel de agente de transformação social para ajudar quem mais precisa a fazer a travessia desse momento tão crítico. Não inventaram nada melhor para quem precisa de socorro do que a união, a generosidade e o amor ao próximo”, afirma Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, presidente da Firjan.
Para contribuir com a campanha, basta acessar o site firjan.com.br/sesicidadaniacontrafome e fazer a doação de qualquer quantia via PIX ou transferência bancária. Alimentos não perecíveis também serão recolhidos em 29 endereços da Firjan SESI e Firjan SENAI espalhadas pelo estado. No Norte Fluminense, as doações poderão ser feitas na Firjan SENAI Campos e Firjan SESI Macaé. Já no Noroeste, são as unidades Firjan SESI SENAI Itaperuna e Firjan SESI Santo Antônio de Pádua. A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro ainda vai doar uma cesta básica por cada um dos colaboradores que realizar doação.
Publicidade
Doações serão entregues pelas entidades parceiras - Os recursos financeiros serão convertidos em cestas básicas ou cartões alimentação que serão distribuídos, respectivamente, pelo União Rio e pelo Viva Rio, por meio do SOS Favela. Já o Caminhão da Misericórdia, da Comunidade Olhar Misericordioso, ajudará na entrega dos alimentos doados.
O movimento voluntário União Rio busca soluções para ajudar o Rio a superar os efeitos da pandemia. Até março deste ano, distribuiu 5 mil toneladas de alimentos, beneficiando 360 mil famílias em 237 comunidades do estado, ativou 448 leitos para pacientes SUS, reformou 133 consultórios no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho e doou mais de um milhão de EPIs.
Publicidade
Com 28 anos de trajetória, a empresa social Viva Rio ultrapassa 34 milhões de atendimentos e realiza campanhas para arrecadar e distribuir donativos para famílias em situação de vulnerabilidade. Também articula projetos voltados à melhoria da segurança, saúde e educação nas favelas.
Já o Caminhão da Misericórdia leva cestas básicas adquiridas com a doação de benfeitores às paróquias das comunidades e arredores. Somente durante a pandemia, a iniciativa já distribuiu 142 toneladas de alimentos.
Publicidade
Confira abaixo os endereços das unidades do Norte e Noroeste Fluminense que estão recebendo doações de alimentos não-perecíveis:
- Firjan SENAI Campos. Rua Bruno de Azevedo, nº 37 - Jardim Maria de Queiroz
- Firjan SESI Macaé. Alameda Etelvino Gomes, nº 155 - Riviera Fluminense
- Firjan SENAI SESI Itaperuna. Rua Dep. José de Cerqueira Garcia, nº 883 - Presidente Costa e Silva
- Firjan SESI Santo Antônio de Pádua. Avenida João Jasbik, nº 740 – Aeroporto
Publicidade