Dia D contra o sarampo vacina 344 crianças entre seis meses e cinco anos

Campanha nacional de imunização continua até sexta para a mesma faixa etária

Por O Dia

O Dia D contra o sarampo em Macaé imunizou 344 crianças entre seis meses e cinco anos incompletos
O Dia D contra o sarampo em Macaé imunizou 344 crianças entre seis meses e cinco anos incompletos -
Macaé — O Dia D contra o Sarampo, realizado no sábado, imunizou 344 crianças de seis meses a cinco anos incompletos. A campanha nacional contra a doença permanece ativa, com foco nessa faixa etária, até sexta, em todas as unidades de Estratégia Saúde da Família, Casa da Vacina, Pronto-Socorro Aeroporto e UBS Barramares. Além disso, a tríplice viral está disponível para vacinação de rotina na rede pública. Os pais devem levar a caderneta de vacinação para verificação da necessidade da dose de reforço.
“É importante trazermos nossos filhos para garantir a imunidade contra esta doença que pode matar”, comentou Carilane Amaral, de 36 anos, que vacinou a filha Ester.
Outros pais e responsáveis, em dúvida se seus filhos estavam protegidos contra o sarampo, foram aos postos e tiveram a confirmação de que não seria necessária a aplicação do reforço. Caso de Ananda Michelim, de dois anos e três meses. “Foi ótimo o Dia D porque nos dias de semana fica mais difícil ir aos postos. Felizmente, minha neta está com a caderneta em dia”, disse Ana Medina, avó de Ananda.
Campanha contra sífilis intensificada
No Pronto-Socorro Aeroporto, também no sábado, foi realizada testagem de sífilis dentro da campanha Xô Sífilis. Uma tenda foi montada na Rua Tancredo Neves para a divulgação de informações sobre a doença e distribuição de preservativos.
Alunos da área de saúde da UFRJ, enfermeiros das unidades do Estratégia Saúde da Família (ESF), o IST/Aids e Saúde da Mulher apoiaram a campanha.
O teste apresenta o resultado em 30 minutos e a campanha continua no sábado (26), no calçadão da Avenida Rui Barbosa; no dia 9 de novembro, no ESF Malvinas; no dia 16, no ESF Ajuda de Baixo; e no dia 23, na Fronteira.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários