Morte de professora da rede municipal de ensino causa comoção em Macaé

Marinez Almeida Pereira, de 42 anos, e seu marido morreram em grave acidente de carro na BR-101

Por O Dia

Marinez Almeida Pereira, de 42 anos, e seu marido, Wanderley Nascimento de Oliveira, de 50 anos, morreram no local do acidente
Marinez Almeida Pereira, de 42 anos, e seu marido, Wanderley Nascimento de Oliveira, de 50 anos, morreram no local do acidente -
Macaé - Uma tragédia. Assim se define a morte da professora da rede municipal de ensino de Macaé, Marinez Almeida Pereira, de 42 anos, vítima de um grave acidente automobilístico, que ocorreu na noite da última segunda-feira (22), na BR-101, na altura do KM 156. O seu marido, Wanderley Nascimento de Oliveira, de 50 anos, também não resistiu aos ferimentos e veio a falecer no local.

Marinez era servidora da Secretaria de Educação da Prefeitura de Macaé e trabalhava na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Cleide Canela de Souza, em Córrego do Ouro, desde a inauguração da escola, em 2014.

Nas redes sociais, a direção da escola lamentou a perda, assim como o vereador Guto Garcia (PDT), ex-secretário da pasta.

“Com muito pesar recebi a notícia do falecimento da professora Marinez Almeida Pereira e do seu marido. Ela passou por todas as turmas da escola, sempre muito atuante e participativa. Nos últimos meses, de home office, sempre fazia vídeo aulas para seus alunos do Pré-II. Atuou também na Escola de Córrego do Ouro, no Colégio Hilda Ramos e também como professora orientadora. Aos amigos, familiares, alunos e a toda a equipe da EMEI Cleide Canela de Souza, os meus sentimentos”, disse.

O casal voltava de São Francisco do Itabapoana, quando o veículo onde estavam, um automóvel Prisma, placa LKK-4030, colidiu de frente com um caminhão durante uma ultrapassagem. Ambos morreram no local. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Macaé. O local do velório e sepultamento do casal não foi informado.

Comentários