O servidor Bruno Rodrigues de Azevedo, morreu na tarde desta quinta-feira (30), vítima da Covid-19 - Arquivo
O servidor Bruno Rodrigues de Azevedo, morreu na tarde desta quinta-feira (30), vítima da Covid-19Arquivo
Por José Eduardo Vieira
Macaé - O servidor público da Prefeitura de Macaé, Bruno Rodrigues de Azevedo, é mais um brasileiro a ingressar na estatística de vítimas da Covid-19. Lotado na Secretaria de Cultura, o servidor faleceu na tarde desta quinta-feira (30), aos 32 anos.

Historiador do Museu de Macaé Solar dos Mellos, Bruno trabalhou nos últimos anos como responsável pela educação patrimonial através dos projetos de visita guiada, Lugares de Memória, Macaé em Fontes Primárias e professor investigador da Secretaria de Cultura de Macaé.

"Temos orgulho de ter tido esse profissional e grande ser humano próximo de nós, desenvolvendo trabalhos tão importantes. Nossos sinceros sentimentos aos familiares", diz um trecho da nota de pesar divulgada pela Prefeitura.
Nas redes sociais a comoção pela morte de Bruno Rodrigues já repercute entre amigos e familiares: "E na velocidade feroz desse vírus cruel, hoje foi dia de nos despedirmos de mais uma grande pessoa, um ser humano do bem. Profissional exemplar (professor, historiador e paleógrafo), Bruno Rodrigues conduzia com maestria os projetos no museu. Tenha certeza que seu legado na cultura da nossa cidade está marcado, meu amigo! Descanse em paz. Ficam a saudade e as boas lembranças. Meus sinceros sentimentos a todos os familiares", disse Thales Coutinho, amigo servidor público.
Publicidade
De acordo com o boletim divulgado pela Prefeitura de Macaé na manhã desta quinta-feira (30), o município tem 5.806 casos de coronavírus confirmados, sendo 5.398 pacientes recuperados e 111 óbitos por Covid-19.

As taxas do município são: de ocupação de leitos terapia intensiva SUS Covid-19, 45,5%; de reprodução do vírus 1,10; e de letalidade 1,9%.