Ricardo Gesse é o novo CEO do Aeroporto de Macaé

A Zurich Airport Latin America anunciou recentemente que a diretoria dos Aeroportos de Macaé, Vitória e Florianópolis seria unificada, sob a gestão de Gesse

Por Bertha Muniz

O atual Diretor Geral da Floripa Airport se torna CEO dos três aeroportos
O atual Diretor Geral da Floripa Airport se torna CEO dos três aeroportos -
Macaé - O Grupo Zurich, responsável pelas operações do Aeroporto de Macaé, promoveu, na manhã desta terça-feira (15), uma coletiva de imprensa para apresentar o novo CEO, Ricardo Gesse. Na oportunidade, Gesse apresentou os projetos e melhorias realizados no Aeroporto.
A Zurich Airport Latin America (ZALA) anunciou recentemente que a diretoria dos Aeroportos de Macaé, Vitória e Florianópolis seria unificada, sob a gestão de Ricardo Gesse. O atual Diretor Geral da Floripa Airport se torna CEO dos três aeroportos. A criação de uma diretoria única já estava no planejamento do Grupo Zurich Airport, com o objetivo de solidificar uma cultura corporativa integrada e uma governança compartilhada entre os aeroportos.
Na oportunidade, Gesse apresentou os projetos e melhorias realizados no Aeroporto - Foto: Ana Clara Menezes
“A nova estrutura vai acelerar a troca de experiências bem-sucedidas entre os aeroportos e, ao mesmo tempo, permite alinhar o nosso estilo de administração em todas as concessões do Grupo. Operamos todos os nossos aeroportos, com foco para a excelência nos serviços, gestão eficiente, práticas inovadoras, sem abrir mão de uma busca constante para encantar nossos passageiros e visitantes com a magia da aviação. É um conceito que vem sendo bem recebido. Bons exemplos são os reconhecimentos dos aeroportos de Florianópolis e de Vitória como melhores do Brasil em quesitos e categorias da última pesquisa SAC”, comentou Gesse.
Durante o encontro, Gesse afirmou que a expectativa para que os voos comerciais sejam retomadas é para de 2021. “ Toda essa crise sanitária paralisou um setor que estava começando a ser explorado na cidade. Podemos afirmar que estamos prontos. Mas ainda cabe às companhias aéreas retomarem essas rotas, o que deve acontecer no primeiro semestre do ano que vem”, previu.
A criação de uma diretoria única já estava no planejamento do Grupo Zurich Airport, com o objetivo de solidificar uma cultura corporativa integrada e uma governança compartilhada entre os aeroportos - Foto: Ana Clara Menezes
No setor comercial, o Aeroporto de Macaé se destacou de janeiro a agosto de 2020, mesmo em meio à pandemia no novo Coronavírus, em relação aos demais aeroportos do Grupo Zurich no Brasil. Neste período, o Aeroporto de Macaé obteve um crescimento de 43% no fluxo de passageiros, enquanto Vitória e Florianópolis, operaram com 42% e 35% da capacidade em relação ao ano de 2019.
Outra novidade na nova gestão será a inauguração de um restaurante, prevista para o fim do mês de outubro.
Ricardo Gesse tem uma longa carreira no setor de aviação. Ocupou posições de liderança em companhias aéreas, aeroportos e empresas de assistência ao transporte aéreo em terra. Em Florianópolis, Gesse foi Diretor de Operações, desde o início da administração privada do aeroporto, em janeiro de 2018, até dezembro de 2019, quando se tornou Diretor Geral. No período, foi responsável pelo complexo processo de transferência operacional do antigo para o novo terminal internacional de passageiros da Capital catarinense.
O novo CEO se reportará diretamente ao Conselho de Administração dos aeroportos. A Zurich Airport Latin America está convencida de que Ricardo Gesse continuará sua trajetória de grandes realizações, agora, à frente dos três aeroportos.
Para Guilherme Abreu, presidente do Macaé Convention e Visitors Bureau, a nova gestão do Aeroporto marca um compromisso com Macaé, enquanto destino, não só econômico, mas também de grandes eventos e opções de lazer.
Para Guilherme Abreu, presidente do Macaé CVB, a nova gestão do Aeroporto marca um compromisso com Macaé, enquanto destino, não só econômico, mas também de grandes eventos e opções de lazer - Foto: Ana Clara Menezes
Estamos ansiosos para o retorno dos voos comerciais, acredito que vamos passar por essa pandemia de cabeça erguida e ainda mais fortes. O papel do Macaé CVB é somar forças para que o município continue se desenvolvendo e proporcionando mais qualidade de vida, conforto e segurança para seus trabalhadores e visitantes”, pontuou.
Aeroporto de Macaé - A História do Aeroporto de Macaé (RJ) começou em 1957, com um pequeno campo de aviação junto à praia para pousos de aeronaves militares em treinamento. Com a crescente demanda local, em 1981 foi fundado o atual Aeroporto de Macaé e no ano seguinte foi incorporado pela Infraero. Desde então, todo o histórico de desenvolvimento do Aeroporto de Macaé está intimamente ligado à Bacia de Campos, à exploração de petróleo e gás.
O primeiro voo comercial foi em 2001, com várias companhias operando até 2015, ano em que o aeroporto deixou de receber voos fretados e regulares.
Em março de 2019 foi inaugurado o novo terminal de passageiros, que passou a ter área de 10,2 mil metros quadrados. Hoje, o aeroporto tem capacidade para receber até 2,1 milhões de passageiros por ano, antes da ampliação suportava apenas 200 mil. A pista de pousos e decolagens também passou por obras de recuperação.
ASEB - A Aeroportos do Sudeste do Brasil S.A. (ASeB) é uma empresa 100% brasileira, subsidiária do grupo suíço Zurich Airport (Flughafen Zürich AG) para administrar (por 30 anos) as operações de Vitória e Macaé, conquistadas em março deste ano na 5ª Rodada de Licitações de Aeroportos.
A nova empresa, que tem sede em Vitória, já trabalha para implementar, nos dois aeroportos, o alto padrão de qualidade, eficiência e segurança da Zurich Airport. No dia 3 de outubro, a ASeB recebeu a autorização da Anac para iniciar o processo de transição da gestão dos dois aeroportos.

Galeria de Fotos

O atual Diretor Geral da Floripa Airport se torna CEO dos três aeroportos Divulgação
Para Guilherme Abreu, presidente do Macaé CVB, a nova gestão do Aeroporto marca um compromisso com Macaé, enquanto destino, não só econômico, mas também de grandes eventos e opções de lazer Divulgação
Na oportunidade, Gesse apresentou os projetos e melhorias realizados no Aeroporto Divulgação
A criação de uma diretoria única já estava no planejamento do Grupo Zurich Airport, com o objetivo de solidificar uma cultura corporativa integrada e uma governança compartilhada entre os aeroportos Divulgação

Comentários