Família de milionário morto recorre ao TJ para receber herança

Viúva ficou com 50% da fortuna de René Sena

Por thiago.antunes

Rio - Cinco anos após sua morte, a fortuna de René Sena continua sendo alvo de disputa por possíveis herdeiros do ex-ganhador da Mega Sena. A família do ex-lavrador entrou com recurso no Tribunal do Júri do Rio, para que seja julgada em segunda instância o pedido de anulação do testamento da vítima, morta com quatro tiros em um bar, em Rio Bonito. Doze anos antes, ele ganhou sozinho o prêmio acumulado no valor de R$ 52 milhões.

Em abril, parentes de René perderam mais um embate judicial pela partilha dos bens. O juiz Mario Cunha Olinto Filho julgou improcedente o recurso dos irmãos do ex-milionário, que não aceitam o fato de ele ter deixado metade de sua fortuna para a ex-mulher, Adriana Almeida.

Ela e outros três réus chegaram a ser acusados pela morte de René, mas a ‘Égua Loura’ — como ficou conhecida na época do crime — foi absolvida do crime em 2011.

“Se o autor da herança fez ou não a melhor escolha, se justa ou injusta a disposição, isso não faz parte da discussão que aqui se trava, que é unicamente da legalidade do testamento”, justificou o magistrado.

A família recorreu da decisão, que foi recebida pela juíza Larisa Nunes Pinto Sally no último dia 4. Os irmãos de René querem que o testamento anterior prevaleça, onde ele dividia a fortuna entre a filha e os parentes, deixando a ex-cabeleireira fora da partilha.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia