Homem é morto a facadas na Lapa

Segundo testemunhas, cobrança de dívida motivou o crime

Por cadu.bruno

Rio - O vendedor de jornais Rodrigo da Silva Alves, de 33 anos, foi morto a facadas, no início da tarde desta quarta-feira, na Rua Gomes Freire, altura do número 764, na Lapa. 

Segundo testemunhas, Antônio Anisio Santiago, de 58 anos, teria ido cobrar uma dívida de R$ 25 de Rodrigo. Houve discussão e o vendedor acabou esfaqueado e morreu na hora. Antônio trabalhava na rua consertando relógios.

Homem foi morto a facadas após discussão na LapaUanderson Fernandes / Agência O Dia

PMs da UPP São Carlos, que passavam pelo local, prenderam o assassino com ajuda de populares. Agentes da Divisão de Homicídios (DH) foram acionados e vão investigar o caso. Eles buscam câmeras de segurança que tenham flagrado o crime e testemunhas.

Pelo tablet o delegado da DH William Pena Júnior enviou um relatório com as informações sobre o caso para os policiais da especializada que estão na unidade ouvindo o preso.

PM envia relatório do caso por tabletUanderson Fernandes / Agência O Dia

"Isso agiliza as investigações. Não precisamos esperar para chegar até a DH para falar com os agentes que também estão investigando o crime. Há um ano e meio usamos esse recurso", contou William, que é o dono do equipamento.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia