Praça Seca vai ganhar Companhia Destacada da PM

Nova unidade terá de 50 a 100 policiais

Por thiago.antunes

Rio - Após mais uma madrugada de violentos tiroteios entre traficantes e milicianos nos morros São José Operário e Bateau Mouche, na Praça Seca, em Jacarepaguá, a PM anunciou nesta terça-fera que vai instalar uma Companhia Destacada na região. O comandante do 9º BPM (Rocha Miranda), coronel Miguel Ramos, afirmou que a nova unidade deverá ter de 50 a 100 policiais. “Será como a unidade criada para a Covanca, com patrulhamento permanente do local e o enfrentamento ao tráfico de drogas”.

 Nesta terça-feira de manhã, homens do 9º BPM (Rocha Miranda) fizeram operação nas duas comunidades. Houve troca de tiros entre os PMs e criminosos, mas ninguém ficou ferido nem foi preso. Os confrontos começaram no fim da noite de segunda-feira e assustaram moradores das duas favelas e das ruas no entorno. Desde fevereiro a região é disputada por quadrilhas rivais, que voltaram aos morros após o enfraquecimento da milícia que atuava no local e havia conseguido expulsar os traficantes.

A companhia prometida — que ainda não tem data para começar a funcionar — será a segunda unidade do tipo na região: no último dia 7, uma base semelhante foi instalada no Morro da Covanca, com efetivo de 60 policiais militares.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia