Dom Orani participa de missa celebrada pelo Papa junto com novos cardeais

Francisco nomeou oficialmente 19 novos cardeais neste sábado, no Vaticano, entre eles o arcebispo do Rio de Janeiro

Por clarissa.sardenberg

Cidade do Vaticano - Os 19 novos cardeias nomeados oficialmente pelo Papa Francisco neste sábado participaram de uma missa na Basílica de São Pedro, no Vaticano, neste domingo. O cardeal arcebispo do Rio Dom Orani Tempesta também fez parte da cerimônia. A celebração é chamada de Missa do Tempo Comum e contou com a participação de outros religiosos, além dos novos cardeais, incluindo alguns brasileiros. 

Dom Orani participa de missa no VaticanoErnesto Carriço / Agência O Dia

A realização da missa marca o término do consistório que reuniu cardeais já existentes e criou novos. A reunião discutiu a respeito de temas relacionados à família. Durante a missa, o Papa Francisco pediu aos cardeais que aspirem a santidade e não tomem parte em "intrigas, fofocas" e paraficarem longe de "favoritismos e preferências". Evitem "comportamentos próprios de uma corte", advertiu.

"Amemos aqueles que nos são hostis, abençoemos os que falam mal de nós, saudemos com um sorriso a quem talvez não o mereça, não aspiremos nos fazer valer, respondamos com doçura à tirania, esqueçamos as humilhações sofridas", disse o pontífice.

Francisco recebeu cada um dos cardeais pessoalmente no decorrer da cerimônia e entregou a eles o solidéu, o barrete (chapéu vermelho usado pelos cardeais) e o anel usados pelos cardeais. Cada cardeal recebeu o título de uma igreja de Roma. A Dom Orani coube a Igreja de Santa Maria Mãe da Providência. A igreja designada receberá o brasão do religioso brasileiro e sua foto.

Desde o início do papado, cardeais recebem títulos das igrejas de Roma. Na época, os principais colaboradores do Papa ficavam na capital italiana. Após a expansão da Igreja ao redor do mundo, a tradição permaneceu. Apesar de carregar o nome de uma igreja local de Roma, não há responsabilidade administrativa sobre o local, a nomeação é meramente formal.

Papa Francisco durante 'Missa do Tempo Comum' na Basílica de São PedroReuters

O Papa Emérito Bento XVI participou da cerimônia e cumprimentou o Papa Francisco. Ele foi homenageado pelos presente no início da cerimônia. A presença de Bento XVI não era esperada. Desde que renunciou, em fevereiro de 2013, o Papa Emérito não aparece em um evento público.

Entre os novos cardeais, 16 têm menos de 80 anos e estão aptos a votar no Conclave que elegerá o sucessor do atual Papa. Os cardeais escolhidos por Francisco são dos seguintes países, além do Brasil: Itália, Alemanha, Reino Unido, Nicarágua, Canadá, Costa do Marfim, Argentina, Coreia do Sul, Chile, Burkina Faso, Filipinas, Haiti, Espanha e Santa Lúcia.

Dom Orani recebeu cumprimentos na ala Paulo VI, no Vaticano após o término da cerimônia. A presidenta Dilma Roussef estava entre os convidados que foram ao Vaticano para acompanhar a posse do arcebispo do Rio.

Nesta quinta e sexta-feira o Papa Francisco recebeu cardeais do mundo todo em um consistório para debater o "tema da família".

O pontífice pediu aos religiosos que sejam "inteligentes, corajosos e amorosos" ao tratarem de temas como divórcio, relações homossexuais, contracepção e coabitação. Ele ainda recomendou que os líderes busquem "aprofundar a teologia da família e discernir as práticas pastorais que a nossa atual situação exige".

Dom Orani recebeu título da Igreja de Santa Maria Mãe da Providência, em RomaFoto%3A Reuters


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia