Casal de policiais é acusado de agredir quatro mulheres em Copacabana

Grupo teria colocado música alta durante festa de aniversário

Por tabata.uchoa

Rio - Um casal de policiais é acusado de agredir quatro mulheres, na noite de ontem, em um quiosque na orla de Copacabana. A confusão começou porque o grupo teria colocado música alta durante uma comemoração de aniversário.

Irritados com o som, os policiais teriam xingado e agredido as pessoas que estavam na festa. De acordo com a delegada Izabela Santoni, titular da 12ª DP (Copacabana), as mulheres foram ouvidas e encaminhas para exame de corpo de delito. O caso foi registrado como lesão corporal. Os policiais militares que atenderam o grupo também prestaram depoimento.

Segundo a delegada, ainda, a policial civil envolvida no caso já foi identificada e será intimada a depor. Além disso, a Corregedoria Interna da Polícia Civil (Coinpol) será comunicada do fato. O parceiro dela seria um capitão da Polícia Militar. A delegada informou que encaminhou um ofício para a corporação para que o oficial seja identificado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia