Traficante é preso acusado de estuprar filha de 2 anos

Criança chegou a fazer exame de corpo de delito e está internada em hospital com lesões

Por paloma.savedra

Rio - Policiais da 53ª DP (Mesquita) prenderam, na noite desta terça-feira, em Costa Barros, Alexsandro da Rocha Pimentel, conhecido como Cavalinho, que, segundo a polícia, atua como gerente do tráfico de drogas da comunidade da Chatuba. Ele também é acusado de estuprar sua filha de dois anos de idade.

Segundo as informações, o crime foi praticado na madrugada desta segunda-feira, dentro da casa de Cavalinho, na Rua Magno de Carvalho, na Chatuba. 

Após verificar que a criança estava com sangramento na vagina, a mãe da vítima a levou para atendimento médico no hospital no Hospital Geral de Nova Iguaçu. Em seguida, ela compareceu à delegacia para registrar o crime.

Após tomar conhecimento do fato, os agentes deram início às diligências. A criança foi submetida a exame de corpo de delito da criança, e está internada no Hospital Geral de Nova Iguaçu, com lesões. 

Os agentes realizaram diversas buscas na Chatuba para encontrar Alexsandro, que tem anotações por tráfico e associação ao tráfico de drogas, tentativa de homicídio, lesão corporal e porte de arma.

A titular da 53ª DP, delegada Juliana Emerique, pediu a prisão temporária do acusado, que foi concedida pela Justiça. O indiciado foi localizado e preso em uma comunidade na Estrada Rio do Pau, próximo ao Chapadão, em Costa Barros.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia