Pezão anuncia agência para coordenar projetos urbanos

Órgão, segundo o governador, vai atuar principalmente em planos de transporte

Por daniela.lima

Rio - A partir de amanhã, os 21 municípios da Região Metropolitana do Rio terão uma agência específica para integração de políticas, anunciou ontem o governador Luiz Fernando Pezão, durante visita de campanha à Zona Oeste. Ao lado do prefeito do Rio, Eduardo Paes, o candidato do PMDB disse que o órgão vai auxiliar em projetos de saneamento, saúde, educação e, sobretudo, de mobilidade urbana. 

O governador Pezão (E)%2C com Eduardo Paes (na fila de trás)%2C foi no ônibus do BRT da Taquara a Madureira%2C onde fez corpo a corpo nas ruas Severino Silva / Agência O Dia


Segundo ele, o objetivo é investir nos corredores de BRT na Baixada, em São Gonçalo, Niterói e Itaboraí. “Nós colocamos no nosso programa de governo e queremos assumir esse compromisso de integrar a Linha 3 do metrô, que ligará Niterói, São Gonçalo e Itaboraí às barcas. Estamos colocando a manifestação de interesse agora na rua para fazer a PPP (parceria público-privada) integrando o metrô da Pavuna com bilhete único da Baixada”, afirmou Pezão.

Paes e o governador iniciaram o dia na estação do BRT Transcarioca na Taquara, em Jacarepaguá, e foram a Madureira, onde caminharam pelas ruas. O prefeito se mostrou um fiel apoiador da campanha, apresentando Pezão à população, coordenando assessores e até organizando poses para as imagens captadas para o programa de TV do candidato.

Os dois distribuíram panfletos e comeram cuscuz com leite condensado na rua. Quando surgiam reclamações ou sugestões, a equipe de campanha era acionada para anotar os pedidos.

Paes fez um discurso enfático ao pedir votos para a reeleição do governador e da presidenta Dilma Rousseff. “O Rio melhorou muito nos últimos anos e isso só aconteceu porque a gente botou para correr aquela gente que só queria ficar no governo brigando, criando conflito e confusão”, disse.

Em Madureira, a caminhada não podia terminar sem samba. Ao final, Pezão e Eduardo Paes se encontraram com representantes das duas escolas do bairro, Portela e Império Serrano. O governador só demonstrou pouco jeito com o samba no pé, mas retribuiu o carinho das escolas dizendo que a Império Serrano precisava voltar a desfilar no Grupo Especial.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia