Mais Lidas

Bonde quebra no primeiro dia do novo trecho em Santa Teresa

Trajeto até o Largo dos Guimarães é inaugurado, e governo estuda colocar a rota da Lapa para funcionar durante à noite

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - O Bonde de Santa Teresa voltou a funcionar, em testes, em mais um trecho no bairro. Depois de quatro meses operando do Largo da Carioca até o Curvelo, o trajeto do bondinho foi estendido, na manhã desta segunda-feira, até o Largo dos Guimarães. Nesta fase, o serviço continua gratuito e com horário restrito: de 11h às 16h. Logo no primeiro dia, no entanto, um dos três bondes que estão em operação enguiçou e deixou os passageiros à pé, perto do Largo do Curvelo.

Na primeira quinzena de janeiro, deve ser inaugurada ainda a nova rota, que vai ligar Santa Teresa à Lapa, pela Rua Francisco Muratori. Este serviço estava inoperante desde 1966, e o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osório, disse que estuda colocar o trecho em operação à noite, a partir do Carnaval. “A nossa ideia é reunir essas duas regiões boêmias da cidade também à noite nos fins de semana. De forma que o frequentador da Lapa, que é o coração da boemia, possa subir e curtir Santa Teresa à noite e vice-versa”, afirmou Osorio.

No primeiro dia, turistas e cariocas movimentam Largo dos GuimarãesEstefan Radovicz / Agência O Dia

Osorio acrescentou que mais três quilômetros de trilhos, da Praça Odylo ao Largo do França, serão os próximos a serem entregues após a rota da Lapa. A volta aos trilhos do Largo dos Guimarães foi comemorada por turistas e moradores que lotaram a estação ontem pela manhã.

A aposentada Angela Paixão, de 61 anos, ficou surpresa ao ver a novidade no percurso. “Já usava até o Curvelo e estou feliz de vê-lo avançando. Até porque Santa Teresa sem o bonde é como um palco sem ator.”

Enquanto não chega à fase final, o engenheiro Dalil Mady, de 47 anos, fica na expectativa da recuperação do antigo trajeto. “Só de ouvir o barulho é um alívio. Compõe a atmosfera do bairro. Porém, espero que volte a ter a linha original, até o Morro do Corcovado.”

De acordo com o novo cronograma das obras, que já sofreu inúmeros atrasos, a conclusão de todo projeto está prevista para 2017. A previsão inicial era de que o bonde, parado desde o acidente de 2011, voltaria a funcionar antes da Copa do Mundo de 2014.

Ônibus no Arco Metropolitano

Para reduzir o tempo de viagem e reduzir os impactos no trânsito da Avenida Brasil e da Ponte, os ônibus intermunicipais vão realizar seus trajetos pelo Arco Metropolitano para o feriadão de Ano Novo. De acordo com a Secretaria Estadual de Transportes, a iniciativa faz parte da Operação Boas Festas, que vai até domingo. Segundo a Secretaria, vão ser intensificadas as fiscalizações na Rodoviária Novo Rio e disponibilizadas linhas extras para quem deixa os terminais de Campo Grande, Nilópolis e Nova Iguaçu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia