Por rafael.souza

Rio - No segundo dia do ano, mais um policial militar foi alvo de criminosos. Desta vez a vítima foi um agente da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Lins, baleado, por volta das 15h deste sábado, durante patrulhamento de rotina na comunidade.

De acordo com o comando da UPP, o agente fazia uma ronda em uma localidade conhecida como Árvore Seca quando foi atingido por um tiro na perna. Ainda de acordo com o comunicado, o PM que não teve a identidade revelada, foi encaminhado para o Hospital Naval Marcílio Dias e, em seguida, transferido para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio. Ele passa bem.

Blindado está na região à procura de criminosos que balearam PMFoto%3A Severino Silva / Agência O Dia

O patrulhamento na região foi reforçado. Um veículo blindado do 3º BPM (Méier) foi acionado e patrulha a região atrás dos criminosos que atingiram o policial. Até o fim da tarde deste sábado ainda ninguém havia sido preso.

O policial é o quarto baleado por bandidos, este ano. O primeiro foi um soldado atingido por tiros quando estava na cabine da PM no Largo da Batalha, em Niterói, poucos minutos depois da meia noite do dia 1º. O segundo, um soldado da UPP do Lins de Vasconcelos, foi atingido por tiros disparados por desconhecidos ao amanhecer de sexta feira, quando atacaram a UPP do local. O terceiro caso aconteceu nesta madrugada em Maricá. O sargento Vantuir Nascimento da Silva, 43 anos, foi atingido por quatro tiros, após ter tentado evitar o roubo em um posto de gasolina. Seu estado de saúde é grave. 

Você pode gostar