Banheiros públicos da Estação Livre de Nova Friburgo estão interditados

Vândalos quebraram tampas de vasos e bebedouros, mictórios estão amassados. Local passará por reforma e substituição das caixas d’água

Por Paula Valviesse

Sanitários públicos da Estação Livre estão interditados
Sanitários públicos da Estação Livre estão interditados -
Cinco dias após a conclusão das obras de cobertura no lado Sul da área de embarque e desembarque de passageiros nos ônibus municipais da Estação Livre, na Praça Getúlio Vargas, no Centro, agora são os banheiros públicos do local que passarão por reformas. Os sanitários masculino e feminino foram interditados nesta terça-feira (22/06), após uma vistoria para verificar o vazamento nas caixas d´água.

A denúncia sobre a situação dos sanitários partiu de um funcionário da área de manutenção da concessionária Nova Faol, que detalha o estado dos banheiros durante a vistoria.

“Tem diversas coisas quebradas, uma porta onde eram guardadas ferramentas teve a fechadura arrombada, três tampas de vaso estão quebradas, bebedouro são dois quebrados e vazando água, mictório vazando também de tanto levar porrada, uma situação complicada”, informou o funcionário.
Segundo a Nova Faol, essa é 23ª intervenção realizada nos sanitários somente este ano. Sobre os atos de vandalismo, o diretor da concessionária, Paulo Valente, informou que a Prefeitura de Nova Friburgo mobilizou a Guarda Municipal para reforçar a vigilância no local.

“A Nova Faol lamenta que mais uma vez tenha que interditar os banheiros públicos da Estação Livre para reformas por conta de atos de vandalismo. Somente em 2020 já foram gastos mais de R$ 50 mil em material e mão de obra para conserto de vasos sanitários, pias, torneiras, luminárias, válvulas de descarga, papeleiras, saboneteiras, bebedouros e outros componentes”, informou Paulo Valente.

A vistoria foi realizada em função do vazamento das caixas d’água que alimentam os sanitários, sendo constatada também os outros problemas. Segundo a concessionária, durante as obras na plataforma, os operários danificaram alguns canos e as caixas, que eram antigas, sofreram rachaduras. O vazamento alagou os banheiros e parte do posto da Guarda Municipal, que fica na parte superior dos sanitários.
Sobre a informação de danos às estruturas durante a execução da obra na plataforma Sul da Estação Livre, a Prefeitura de Nova Friburgo informou que irá apurar a denúncia e, caso seja confirmado que os operários que prestavam o serviço danificaram os canos e as caixas d'água, a empresa responsável deverá responder pelo reparo, uma vez que o mesmo não é objeto do contrato.

As interdições frequentes foram comentadas por usuários do transporte público, que costumam embarcar e desembarcar na estação.
Renê José sobrinho, que é morador de Olaria e vem com frequência ao centro para ir ao banco e fazer compras, diz que em caso de emergência não dá pra contar os sanitários: “Está sempre em manutenção, quando a gente precisa tem que procurar outro lugar. Uma pena as pessoas desrespeitarem assim um local que é para seu próprio uso”, lamenta.

“Eu nunca usei o banheiro da Estação, mas vejo que volta e meia eles estão fechados. Quando estou no Centro e preciso ir ao banheiro, vou no shopping ou então, como agora está fechado por causa da pandemia, vou nos sanitários do mercado”, diz dona Terezinha.

Galeria de Fotos

Sanitários públicos da Estação Livre estão interditados Paula Valviesse
Tampas de vasos quebradas, mictório amassado e bebedouros danificados na Estação Livre Divulgação
Tampas de vasos quebradas, mictório amassado e bebedouros danificados na Estação Livre Divulgação
Tampas de vasos quebradas, mictório amassado e bebedouros danificados na Estação Livre Divulgação
Banheiros da Estação Livre passarão por reformas Paula Valviesse

Comentários