Nova Friburgo esbelece sistema de bandeiras e dá início a flexibilização

Setores de comércio e serviço podem voltar a funcionar a partir de amanhã

Por O Dia

Calçadas cheias no centro de Nova Friburgo
Calçadas cheias no centro de Nova Friburgo -
A Prefeitura de Nova Friburgo publicou no início da noite desta quarta-feira (1/07) o Decreto 625/2020, que determina as regras para retomada das atividades econômicas. A reabertura acontecerá de maneira gradual, respeitando o sistema de bandeiras, cujas cores estão relacionadas com a taxa de ocupação dos leitos de UTI no município. O decreto engloba diversas atividades e ainda o funcionamento de shoppings.

A Bandeira Vermelha corresponde a uma ocupação de leitos acima de 70%, sendo permitido o funcionamento apenas de atividades consideradas essenciais; a Laranja vale para taxas entre 60% e 70%, priorizando atendimento por sistema de entrega e retirada; a Amarela, taxas entre 50% e 59%, podendo os setores funcionarem com até 70% da capacidade produtiva; e a Verde, quando a média de ocupação estiver abaixo de 50%, permite que os segmento funcionem em sua plenitude, observadas as regras sanitárias vigentes.

Não estão contempladas no decreto atividades relacionadas a eventos ou qualquer outra situação que proporcione aglomeração, como abertura de cinema, teatro, casas de festas, clubes e até mesmo áreas sociais e recreativas no interior de condomínios.

Os setores de comércio e serviço estão autorizados a voltar às atividades já nesta sexta-feira (3/07). Também estão permitidas as atividades dos vendedores ambulantes devidamente cadastrados. No entanto, o decreto condiciona que os prestadores de serviço agendem o atendimento, uma vez que não é permitido a permanência de clientes dentro dos estabelecimentos.

De acordo com a métrica, bares, restaurantes, lanchonetes e congêneres, só poderão voltar a funcionar com atendimento presencial na fase Laranja, respeitando as medidas de afastamento e higiene e com 50% da capacidade. Esses estabelecimentos continuarão atuando com sistema de entrega e retirada enquanto for mantida a Bandeira Vermelha no município, com exceção dos bares, que não poderão abrir. Além disso, fica proibido o sistema de self-service.

Os shoppings poderão reabrir a partir do dia 6, com horário de funcionamento estabelecido entre 12h e 20h. Já as praças de alimentação serão autorizadas a funcionar conforme a sinalização das bandeiras, no caso da Vermelha, poderão ser realizados apenas atendimentos na modalidade de entrega ou retirada no local. Já a partir da Bandeira Laranja, poderá haver consumo nos locais, desde que respeitando o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as mesas.

A partir do dia 13, as instituições religiosas poderão voltar a funcionar, desde que o município esteja com taxas de ocupação abaixo de 60%, mantendo-se nas bandeiras Amarela ou Verde. Mas a orientação é de que os idosos e demais pessoas que sejam do grupo de risco continuem acompanhando as celebrações pela internet.

Está previsto para o dia 20 de julho a liberação para retorno do funcionamento de hotéis, pousadas e demais serviços de hospedagem no município, assim como a permissão para visitação dos pontos turísticos da cidade. Também a partir do dia 20, poderão voltar a abrir, de forma gradativa, as academias e centros de atividades físicas ou esportivas, com medidas rígidas de higienização.

Comentários