Nova fase de flexibilização em Nova Friburgo

A partir deste sábado está em vigor a Bandeira Amarela

Por Paula Valviesse

Prefeitura de Nova Friburgo
Prefeitura de Nova Friburgo -
Nova Friburgo atualizou as medidas de flexibilização e abertura gradual das atividades econômicas que passam a vigorar a partir deste sábado (4/07). O documento publicado na tarde desta sexta-feira (3/07) informa que a cidade entra em uma nova fase, com a Bandeira Amarela, considerando as taxa de ocupação dos leitos de UTI nos quatro hospitais da cidade, inclusive da rede particular.

O cálculo feito para estabelecer a bandeira em vigor leva em consideração a média semanal da taxa de ocupação de leitos de UTI nos hospitais São Lucas, Unimed, Serrano e no Hospital Municipal Raul Sertã, unidade referência no tratamento de pacientes de Covid-19 no município.

A Bandeira Amarela entra em vigor quando as taxas estão entre 50% e 59%, podendo os setores de comércio e serviço, inclusive bares, funcionarem também aos sábados e com até 70% da capacidade produtiva. Já a Indústria, nesta fase pode ampliar a capacidade de produção para até 80%, mas segue funcionando de segunda a sexta-feira.

Comércios e Serviços

A partir deste sábado, os estabelecimentos comerciais e de serviços, prestadores de serviços e vendedores ambulantes cadastrados poderão exercer as atividades das 12h às 18h, com acesso de clientes de forma controlada e observando as medidas sanitárias.

Bares, Restaurantes e Lanchonetes

Com a Bandeira Amarela, esses estabelecimentos estão permitidos de funcionar com até 70% da capacidade de ocupação, mas seguindo as medidas de prevenção, que determinam distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as mesas, uso de máscara, disponibilização de álcool em gel e demais medidas sanitárias e de higiene. Além disso, os bares estão autorizados a funcionar até às 22h.

Shoppings

Com retorno estabelecido para a próxima segunda-feira (6/07), os shoppings também seguirão, a princípio, as determinações da Bandeira Amarela, funcionando com até 50% da capacidade e respeitando as medidas de distanciamento e sanitárias.

Comentários