Alunos de Nova Iguaçu participam de projeto ‘Bombeiro Mirim’

Além da prevenção de incêndios e acidentes domésticos, os estudantes têm noções de primeiros socorros e preservação ambiental

Por O Dia

Os bombeiros ensinam as crianças e jovens como prevenir incêndio
Os bombeiros ensinam as crianças e jovens como prevenir incêndio -
Nova Iguaçu - Com o objetivo de despertar nos pequenos participantes o senso de cidadania, o Corpo de Bombeiros realizou o curso de ‘Bombeiro Mirim’ ensina atividades de preservação ambiental, prevenção de incêndios e acidentes domésticos e noções de primeiros socorros. O curso é uma parceria entre a Prefeitura de Nova Iguaçu e o 4ºGBM (Grupamento de Bombeiro Militar de Nova Iguaçu), que está em sua segunda edição.
Nesta sexta-feira, dia 25, capacitou 57 alunos das escolas municipais Marcílio Dias, em Santa Rita e Jardim Montevidéo. A previsão é formar pelo menos 500 alunos até o fim do ano.Eles participaram de oficinas simultâneas de combate a incêndio com extintor, oficina de Casa de Fumaça, onde eles desenvolveram a habilidade de resgate na brigada de incêndio, treinamento militar com teste físico e oficina de primeiros socorros, além de um ‘corridão’ com toda a turma com canções militares.

“O curso foi retomado após cinco anos de ausência. Na primeira edição, em agosto, capacitamos 100 alunos de duas escolas e em novembro abre uma nova turma, que é indicada pela Secretaria Municipal de Educação. O curso tem quatro dias de aulas teóricas e um dia com prática. Passamos para os alunos um pouco do nosso trabalho diário na rua, como conter um vazamento de gás, manusear um esguicho ou combater um incêndio”, explicou o tenente do 4ºGBM, Leonardo Ramos, um dos coordenadores do projeto Bombeiro Mirim.

Aluna do 5º ano da Escola Marcílio Dias, Mayara Santos Baptista, de 11 anos, disse que o curso a ajudou a escolher uma profissão.“Quero ser bombeira ou uma agente da Defesa Civil. Foi um dia diferente para nós. Não imaginava que podia aprender tudo isso, mas o mais difícil foi a usar a mangueira de incêndio, pois é pesada”, brincou a menina, uma das mais animadas com o projeto.

Já sua colega, a aluna Ingrid Lopes Souza, 14, contou que estava ansiosa e motivada ao aprender o curso, principalmente após saber que quatro bombeiros do Rio perderam suas vidas durante o combate a um incêndio na semana passada.“Peguei ainda mais gosto pela profissão após ver aqueles bombeiros morreram após inalarem fumaça, pois eles foram heróis e quero aprender a salvar vidas, me tornando uma grande bombeira”, garantiu.

Aos 12 anos, o estudante Marcelo Silva Nascimento Júnior, aprendeu a conter um vazamento de gás pela primeira vez.“Achava que as chamas saindo do botijão pudessem causar uma explosão. Deu um pouco de medo. Treinei para detectar um vazamento de gás e vou ensinar meus pais em casa como agir nestes casos. Vou estar mais atento”, contou.

O uso do extintor no combate ao incêndio chamou atenção do aluno Lucas Oliveira Pereira, 9, que ainda teve mais dificuldade ao deixar a Casa de Fumaça, onde eles desenvolveram a habilidade de resgate na brigada de incêndio. “Agora fui entender como um bombeiro faz para deixar um local fechado repleto de fumaça. Tive que me arrastar pelo chão. É uma técnica para não inalar fumaça e morrer. Ainda aprendi a apagar as chamas. Foi um dia diferente pra mim”, afirmou.

Orientadora educacional e professora do 5º ano da Escola Marcílio Dias, Silvia de Araújo, acredita que o aprendizado no curso, que segundo ela ajuda na questão disciplinar, pode servir como avaliação em sala de aula. “A ideia é implantar na escola um trabalho valendo nota voltado para tudo que eles aprenderam aqui com os bombeiros. Vão se tornar multiplicadores na escola, orientando e ensinando a outros alunos”, avisou.

De acordo com a secretária Municipal de Educação de Nova Iguaçu, Maria Virginia Andrade Rocha, o número de alunos da rede participantes do curso no próximo ano vai duplicar. “Novas turmas serão abertas e em 2020 teremos mil alunos formados”, reforçou.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Os bombeiros ensinam as crianças e jovens como prevenir incêndio Divulgação
Enquanto aprendiam a prevenir e combater incêndios os estudantes também se divertiam Divulgação

Comentários