Programa Estadual de Integração na Segurança em Nova Iguaçu
 - Diego Valdevino/PMNI
Programa Estadual de Integração na Segurança em Nova Iguaçu Diego Valdevino/PMNI
Por O Dia

Melhorar o policiamento e reduzir os indicadores de criminalidade no município é o principal objetivo do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis), que começa em Nova Iguaçu a partir desta amanhã. O programa, convênio entre a prefeitura e Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, vai contratar policiais militares em seus dias de folga para aumentar a proteção em áreas previamente estudadas. Serão 100 policiais atuando na cidade todos os dias, sendo 50 no turno de 4h às 12h e outros 50 entre 17h e 1h. O contrato é de um ano, podendo ser renovado.

A Prefeitura irá pagar o Regime Adicional de Serviço (RAS) do policial militar e investir em infraestrutura, fornecendo 25 viaturas novas, além de instalar um contêiner no estacionamento da sede municipal.

Com a chegada do Proeis, que se junta ao Programa Operação Segurança Presente e ao policiamento do 20° BPM (Mesquita), a cidade terá um cinturão de segurança. Em duplas, os policiais vão atuar em pontos estratégicos, com maior incidência de crimes. O reforço será feito em 24 localidades do município, como bairro da Prata, Engenho Pequeno, Esplanada, Santa Rita, Cerâmica, Palhada, Centro, Miguel Couto, Posse, Três Corações, Vila de Cava, Comendador Soares, Caioaba, entre outros.

Você pode gostar
Comentários