Nova Iguaçu cria programa Cinema nas Escolas e exibe curtas-metragens

Serão exibidos oito filmes que debatem questões políticas, ambientais e sociais

Por O Dia

O objetivo do programa é também facilitar o acesso ao cinema
O objetivo do programa é também facilitar o acesso ao cinema -
Nova Iguaçu - Para estimular as artes audiovisuais brasileiras, Nova Iguaçu está implementando nas escolas da rede municipal o projeto 'Cinema nas Escolas'. Durante o mês de novembro, serão exibidos curta-metragens em parceria com a produtora Filmes de Plástico. Ao todo são oito filmes que trazem o debate sobre questões políticas, culturais, ambientais e sociais.
Na primeira etapa, as sessões serão realizadas nas 22 escolas com turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA). A ideia é de que o projeto seja ampliado para toda rede no próximo ano. Entre os filmes exibidos estão 'Nada', 'Quintal', 'Quinze', entre outros.

O lançamento do projeto aconteceu na noite desta quarta-feira, dia 6, com a palestra da professora Ana Paula Alves Ribeiro, do Departamento de Formação de Professores e do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação (PPGECC) da Faculdade de Educação da Baixada Fluminense / Universidade do Estado do Rio de Janeiro. O tema foi 'Mediação Educativa em Cinema Negro Brasileiro'. O 'Cinema nas Escolas' é uma ação da Prefeitura com a Fundação Cultural e Educacional de Nova Iguaçu (Fenig).

“O acesso ao cinema é fundamental para criar um debate amplo sobre a valorização do cinema brasileiro e suas produções independentes. Além de usar a sétima arte como ferramenta de ensino nas escolas. Nova Iguaçu sai na frente com este desafio, que foi inclusive, tema este ano da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)”, destaca o presidente da Fenig, Miguel Ribeiro.
A lista completa das escolas participantes está no site www.novaiguacu.rj.gov.br.
 

Galeria de Fotos

O objetivo do programa é também facilitar o acesso ao cinema Alziro Xavier/Divulgação PMNI
O lançamento do projeto foi na noite de quarta-feira Alziro Xavier/Divulgação PMNI

Comentários