Formatura é popularmente conhecida como
Formatura é popularmente conhecida como "Espadão"Divulgação/EB
Por O Dia
A Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), localizada em Resende, no Sul do Estado do Rio de Janeiro, realiza neste sábado (5) a formatura de Aspirantes a Oficial. A cerimônia, chamada de Aspirantado, acontece pela manhã no Pátio Tenente Moura, no interior da Academia, e contará com a presença do Presidente da República, Jair Bolsonaro.
Após 5 anos de formação, iniciada na Escola Preparatória do Exército Brasileiro, em Campinas (SP), os cadetes concluintes do 4º Ano da AMAN participam da cerimônia que ocorre, ininterruptamente, desde 1945 e marca o fim de uma fase e o início de outra: "é o selar de um período de abnegação e superação e a reafirmação do compromisso da disponibilidade militar em servir à Nação brasileira", disse a direção.
Publicidade
Dos 446 cadetes formandos, 437 são brasileiros e nove de Nações Amigas (três de Camarões, dois de Moçambique, um da Guatemala, um de Guiné-Bissau, um de Senegal e um do Uruguai).
O primeiro colocado geral da Turma 150 anos da Tríplice Aliança é o Aspirante a Oficial Renan dos Santos Sant`Anna, de 24 anos, natural do Rio de Janeiro.
Publicidade
A cerimônia acontece da seguinte maneira: no primeiro momento, às 8h30, os cadetes adentram o pátio para restituição do Espadim. Por volta de 11h, será a vez da declaração dos novos aspirantes com a entrega das espadas de oficial.
CUIDADOS COM A COVID-19
Por conta da pandemia da COVID-19, a presença dos familiares e de autoridades civis e militares será restrita. A exemplo do que já tem sido adotado na rotina da vida acadêmica, a AMAN implementará ações como a desinfecção prévia e posterior das instalações, a triagem inicial e contínua que visa a verificação do estado de saúde dos convidados, a distribuição de folders informativos sobre as medidas adotadas e a importância da adesão de todos, a higienização das mãos e calçados, a restrição do número de participantes, a separação de convidados por alas distintas como forma de evitar a aglomeração, o cancelamento do radicional baile do Aspirantado, entre outras medidas para mitigar casos de coronavírus no interior da Academia.