Por gabriela.mattos
Publicado 18/02/2016 23:17 | Atualizado 19/02/2016 10:04
Katia Alvina da SilvaDivulgação

Rio - Policiais da 29ª DP (Madureira) prenderam em flagrante, nesta quinta-feira, uma mulher acusada de dopar idosos para dar golpes financeiros neles. Katia Alvina da Silva, de 50 anos, foi capturada dentro de um restaurante em Marechal Hermes, na Zona Norte, no exato momento em que colocava remédios no copo de suco de uma vítima, um subtenente reformado do Bombeiros, de 77 anos. A ação foi filmada pelos agentes, que já a estavam monitorando.

Contra Katia, que mora no Conjunto Amarelinho, em Acari, foi cumprido um mandado de prisão preventiva por roubo qualificado, pedido pela própria 29ª DP no ano passado. Segundo investigadores, a acusada agia da seguinte forma: escolhia um alvo dentro de agências bancárias, memorizava a senha da vítima e depois usava o cartão do idoso para fazer compras ou saques.

Ontem, ela escolheu o subtenente reformado após perceber que ele estava sendo atendido em um setor privado do banco. Katia, então, chamou o idoso para beber em um bar e começou a demonstrar carinho pela vítima, dando-lhe até um beijinho no ombro dele. A camisa do militar ficou com marca de batom. Neste momento, os agentes da 29ª DP começaram a filmar a ação e flagraram a criminosa trocando o copo de suco do bombeiro e deu o que estava com remédios para o subtenente beber.

Após o idoso beber o suco ‘batizado’, Katia pediu a conta e, ao perceber que a vítima pagaria em dinheiro, sugeriu que ele usasse o cartão. Mas, antes de deixar o restaurante, a acusada foi presa pelos policiais da 29ª DP. O subtenente contou aos inspetores que não percebeu a ação e que apenas estava se sentindo um pouco sonolento.

Segundo os policiais, Katia disse que já cometia o crime há dois anos e atacava, em média, quatro vítimas por mês. A criminosa foi autuada em flagrante por tentativa de roubo, além de ter tido o mandado de prisão cumprido.

Você pode gostar