Mais Lidas

Câmeras de banco na prefeitura não filmaram assalto

Armados, sete criminosos mantiveram guardas e funcionários reféns por uma hora

Por gabriela.mattos

Rio - Em plena luz do dia, um grupo de criminosos encapuzados invadiu uma agência bancária na sede da Prefeitura do Rio, na Cidade Nova, para roubar os caixas-eletrônicos. Mas não foi só o rosto coberto que impediu a identificação dos assaltantes. Segundo os guardas municipais, a ação não foi filmada naquele ponto, já que as câmeras de vigilância estariam com defeito.

O caso ocorreu na tarde deste domingo, quando sete bandidos renderam os guardas, que só usam cassetetes. A ação durou cerca de uma hora. A quantia roubada não foi divulgada. “Um dos assaltantes foi até a cabine da rua traseira e, com um revólver, rendeu o guarda. Um carro, modelo HRV branco, entrou com os comparsas”, afirmou um inspetor da 6ª DP (Cidade Nova), onde o caso foi registrado.

Após render os guardas, os bandidos trancaram em uma sala cerca de 30 pessoas. Entre elas, faxineiros e vigilantes. Todos os assaltantes usavam capuzes, exceto o que fez a abordagem na guarita. Quatro deles estavam armados com revólveres calibre .38. “Eles não agrediram ninguém. Usaram maçaricos para arrombar as três caixas. Em outros duas, não mexeram”, disse um guarda, que não se identificou.

Ação foi feita por sete homens encapuzados. Quadrilha usou maçarico para roubar caixas-eletrônicosSandro Vox / Agência O Dia

Outros roubos no local

Segundo um policial militar, ano passado um homem subiu armado e assaltou a cantina no interior do prédio da prefeitura. Ele disse, ainda, que o mesmo banco já foi roubado em 2011 e 2013, sem resistência armada.

A placa do carro usado na ação, informada pelos guardas, consta no nome de uma moradora de Itaguaí. A reportagem do DIA tentou entrar em contato com a proprietária. Ao telefone, sua mãe disse que o carro ficou o dia inteiro na garagem.

A perícia da Polícia Civil foi acompanhada por uma equipe de segurança do prefeito Marcelo Crivella. Em nota, a prefeitura confirmou o assalto e disse que iria verificar a situação das câmeras. A assessoria do banco informou que colabora com as investigações.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia