Ladrão foi liberado em blitz

Por

A demora na confecção do boletim na 35ª DP (Campo Grande) e na comunicação do crime à PM permitiu que o ladrão fugisse. O suspeito foi abordado numa blitz, 20 minutos depois de furtar o carro, mas apresentou o documento do veículo, assinou o auto de infração com seus documentos e foi embora. A ausência das chaves do veículo não foi questionada pelos PMs.

No desespero, Fabiana recorreu à Defensoria para liberar o carro, mas teve que pagar cinco multas e um IPVA atrasado de seu Gol, ano 99. Isso gerou uma despesa de R$ 1.212.Enquanto isso, ela perdeu o bebê que esperava.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro