Modelo é 'Ferrari' das submetralhadoras - DIVULGAÇÃO
Modelo é 'Ferrari' das submetralhadorasDIVULGAÇÃO
Por

A perícia da Polícia Federal já tem uma certeza: a submetralhadora utilizada no crime é uma HK MP5. A arma foi utilizada na reprodução simulada de ontem, no Estácio, com e sem silenciador. Além disso, o fato da munição utilizada no crime ser de treinamento, conforme comprovou a perícia, tende a provocar menos barulho do que a munição conhecida como "mais P" (mais pólvora), o que poderia explicar o fato das pessoas nas redondezas não terem escutado os disparos.

De acordo com o especialista em armas, Vinícius Cavalcante, a MP5 "é a Ferrari das submetralhadoras". Ela é utilizada pelas polícias do Rio, principalmente em retomada de reféns, por ser considerada uma arma precisa e com baixo recuo. "Não é preciso ter um treinamento especial para seu manuseio. Mas é uma ama cara, não sendo utilizada pela criminalidade com frequência", apontou Cavalcante.

Para a reconstituição da morte de Marielle e Anderson foi montada uma megaoperação, com interdição de ruas e bloqueio do espaço aéreo no entorno do Estácio. Cerca de 200 militares da polícia e do Exército, além dos agentes da Divisão de Homicídios, estiveram na ação.

Você pode gostar
Comentários